Home > Notícias

Donos de iPhones garantem venda de aparelho usado à espera do iPhone 6

Os pedidos de cotação de preço para vendas de aparelhos usados aumentaram em até 350% este mês nas lojas especializadas em trade-in

Da Computerworld

23/08/2014 às 22h59

iphones_435.jpg
Foto:

A venda de iPhones usados, da parte dos seus antigos donos, sinaliza que a Apple poderá ter um "tremendo" sucesso de vendas com o iPhone 6. A informação é das empresas especializadas na compra de aparelhos usados (trade-in) que estão observando um movimento sem precedentes de usuários buscando avaliação sobre o preço dos seus aparelhos velhos antes que o novo seja lançado.

"A demanda por um iPhone com tela maior é gigantesca", diz Jeff Trachsel, CMO da NextWorth, empresa americana que compra dispositivos de eletrônica de consumo usados, incluindo dezenas de milhares de iPhones anualmente, e os revende dentro dos Estados Unidos ou mesmo fora do país.

Segundo cotações da NextWorth, o usuário de um iPhone 5S desbloqueado em bom estado pode conseguir até US$ 335 na venda, o que representa 40% do seu preço original de loja. Um Galaxy S5 chega a ser avaliado em US$ 236, o que é praticamente 40% também do preço de um novo. O iPhone 5 consegue até US$ 215 e um LG G Flex chega ao máximo de US$ 191

Salto de 350%

"Tivemos um crescimento de 350% esta semana no número de pedidos de cotação de preços para compra de iPhones usados, comparado com o mês passado", diz Trachsel. Segundo o comerciante, o número de pedidos de cotação é 182% maior que no ano passado. Outro dado interessante é que no mês passado, 69% dos pedidos eram para venda de iPhone 4 e iPhone 4S. Esta semana, com o saldo dos pedidos, a grande maioria - 61% - referia-se a iPhones 5 e 5S

A NextWorth tem uma política de manter o valor de compra oferecido para o consumidor por até 30 dias, portanto o crescimento dos pedidos está sincronizado com o prazo de 30 dias que analistas e profissionais do mercado estima para o lançamento do iPhone 6 (9 de setembro) e a data de início das vendas (19 de setembro).

Outra empresa de compra de usados, a Gazelle, de Boston, viu um crescimento similar nos pedidos de cotação, 50% a mais que no ano passado, segundo Alyssa Voorhis, analista técnica da Gazelle. A empresa anunciou um programa de garantia de preços para até 10 de outubro.

Essa política de cotação garantida permite que os usuários saibam por quanto vão vender seus iPhones e possam ter tempo para comprar um novo e ativa-lo antes de enviar seus aparelhos velhos para venda.

Até no Android

As duas empresas consideram normais picos de solicitação de cotações em anos pares, que são quando normalmente a Apple lança novos designs do iPhone. 

Mas o movimento deste ano tem um elemento novo que sinaliza para Trachsel e Voorhis que as vendas do iPhone 6 vão ultrapassar em muito as vendas do iPhone 5S ou do iPhone 5: os pedidos de cotação de aparelhos Android usados também aumentou. Na Gazelle o crescimento foi entre 15% e 30% sobre o número do mês passado.

"A Apple pode ter finalmente criado uma oferta que atendeu aos pedidos dos usuários de Android e é por conta da tela maior", diz Voorhis. Segundo ela, uma pesquisa feita pela Gazelle com seus clientes mostra que 45% de todos os donos de smartphones querem um iPhone 6 e eles estão particularmente interessados na tela maior. Outros 21 dos entrevistados disseram ainda não ter decidido, preferindo aguardar a confirmação dos rumores para decidir.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail