Home > Notícias

Eleições EUA: 60% dos spams estão relacionados a Barak Obama

Mais de 20 domínios foram registrados em um só dia para hospedar sites falsos sobre Obama que instalam malware no PC do usuário.

ComputerWorld/EUA

06/11/2008 às 10h14

Foto:

Hackers estão aproveitando o resultado das eleições presidenciais norte-americanas para lançar uma das maiores campanhas de disseminação de e-mails maliciosos pela internet

Graham Cluley, da empresa de segurança Sophos PLC disse que 60% dos spams que a companhia detectou na quarta-feira (05/11) estama relacionados ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama.

"Ele é facilmente a personalidade mais famosa do planeta no momento e a fascinação por ele não é apenas nos Estados Unidos. É mundial", disse Cluley.

De acordo com outro pesquisador de segurança, da Websense, crackers registraram de 15 a 20 domínios apenas na terça-feira (04/11), dia das eleições, para hospedar sites falsos e malwares.

Todos os domínios estão em servidores chamados "fast flux" (fluxo rápido). Com a tática, os criminosos trocam os domínios rapidamente entre variados endereços IP para impedir que seus servidores sejam desligados.

A tentativa de golpe mais comum é o que oferece um link que supostamente levaria a um site com os resultados das eleições. Quando o usuário clica no link, é redirecionado a um site falso que pede a instalação de uma atualização do Flash Player, da Adobe. No entanto, a ação instala um cavalo-de-tróia no computador da vítima e pode roubar senhas pessoais do usuário.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail