Home > Notícias

Em 2005, Microsoft temia comparação do Vista com o Mac

Mensagens trocadas pelos diretores da Microsoft em 2005 mostram temor com as comparações entre o Mac OS X e o Vista.

Computerworld/EUA

19/11/2008 às 15h26

Foto:

Mais de um ano antes do lançamento do Windows Vista – e muito antes de a Apple começar a ridicularizar o sistema operacional – os funcionários da Microsoft já estavam preocupados com as comparações entre o Mac OS X e o Vista, revelaram e-mails da companhia divulgados nesta quarta-feira (19/11).

Um e-mail de outubro de 2005, mais de 15 meses antes do lançamento do Vista, mostra um artigo do colunista Walter Mossberg no Wall Street Journal que chamou a atenção dos gerentes da Microsoft.

Em uma coluna intitulada “Que PC comprar se você está planejando um upgrade do Vista”, Mossberg expôs claramente suas recomendações para um desktop, focando nas características que os consumidores deveriam ter em mente se eles desejam executar um Vista quando ele chegar às lojas.

Mas um parágrafo chamou a atenção de Padmanand Warrier, um desenvolvedor da equipe Windows. Warrier enviou um e-mail com um link da coluna de Mossberg para diversos outros funcionários da companhia, incluindo Rajesh Srinivasan – atual gerente de produtos do grupo Windows – e Richard Russell, diretor de desenvolvimento da Microsoft. Warrier citou o seguinte trecho no e-mail enviado:

“Você não precisará se preocupar com o Vista se você comprar um Mac da Apple que não execute Windows”, escreveu Mossberg. Todo consumidor que realiza tarefas típicas deveria considerar ter um Mac. Este sistema operacional, chamado Tiger, é melhor e mais seguro que o Windows XP e já contém a maioria das principais características prometidas para o Vista”.

Warrier acrescentou um comentário após o trecho descrito: “Uma experiência premium, tal como definida por Walt = Apple. Este é o porquê de nós precisarmos atingir [a coluna]”.

O e-mail teve uma reação quase imediata de Russell, que reconheceu que a Microsoft não havia feito seu trabalho em promover o Windows Vista. “Meu ponto para o artigo do WSJ é que nós falhamos na comunicação do valor do Vista”, disse Russell na resposta do e-mail enviada 20 minutos depois.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail