Home > Notícias

Em novo capítulo de disputa, Viacom acusa Google de utilizar conteúdo pirata

Grupo de mídia diz que os documentos recém-divulgados em disputa contra o portal podem encerrar o caso.

Redação do IDG Now!

16/04/2010 às 12h14

Foto:

O grupo de mídia Viacom apresentou novos documentos ao Tribunal de Justiça norte-americano na quinta-feira (15/4) que acusam o YouTube de usar conteúdo pirata. A ação tem como objetivo pressionar os detentores de direitos a assinar contratos em termos vantajosos para o próprio Google.

Desde março de 2007 a Viacom acusa o YouTube (serviço de vídeos do Google) de ser o responsável pela exibição de conteúdos protegidos por direitos autorais. Também afirma que o Google sempre teve a oportunidade de bloquear a publicação de acervos piratas no YouTube, mas optou por não fazê-lo. A indenização pedida pela companhia é de um milhão de dólares.

O Google afirma que, logo após ser alertado sobre a inserção de conteúdos protegidos, o Youtube retirou os vídeos imediatamente, agindo de acordo com a Lei de Direitos Autorais. Além disso, o portal também acusa o grupo de mídia de publicar vídeos secretamente com seus próprios conteúdos no YouTube.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail