Home > Notícias

Em pedaços: Veja o novo MacBook Pro Retina por dentro

iFixit afirmou que notebook tem possibilidade mínima de ser modificado ou reparado pelo consumidor, devido à quantidade de peças proprietárias

Da Redação

13/06/2012 às 11h58

Foto:

Mal o novo MacBook Pro com tela Retina, anunciado pela Apple na última segunda-feira (11) durante a WWDC, chegou às lojas e a equipe do iFixit já colocou as mãos na máquina e a deixou em pedaços, como é de costume.

Contudo, se você esperava fazer upgrades no computador, como SSD de maior capacidade ou mais RAM, pode esquecer. De acordo com o iFixit, esse é o MacBook com menor possibilidade de reparo ou modificação pelo usuário - em uma escala de 1 a 10, o site deu nota 1 ao novo laptop da Apple.

Leia mais: Primeiras impressões: testamos o MacBook Pro com tela Retina

Ao que tudo indica, a Apple não quer mesmo que seus consumidores mexam no notebook - ao começar pelos parafusos proprietários, que precisam de uma chave especial para serem removidos. A memória RAM é soldada na placa, o que não possibilita um upgrade futuro, e o SSD é proprietário, o que não permite que seja substituído - seu computador fica do mesmo jeito que você o tirou da loja.

Por fim,  bateria do notebook é colada à parte inferior do chassis, cobrindo alguns cabos. Já a tela Retina, grande destaque do equipamento, é completamente selada, ou seja, caso você tenha algum problema será preciso trocar todo o conjunto tela + tampa superior (algo que não sai nada barato). No site do iFixit, você pode acompanhar todo o procedimento passo a passo. 

macbookproretinadesmontado02.jpg

Dispositivo ganhou nota 1 em possibilidade de upgrade feito pelo usuário

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail