Home > Notícias

Em reunião de acionistas, Apple se mostra otimista com futuro

Sem a presença de Steve Jobs, encontro anual de acionistas mostrou que conselho diretivo pensa na sucessão do CEO e que considera a empresa no caminho certo.

Macworld/EUA

26/02/2009 às 9h00

Foto:

Executivos da Apple pintaram um quadro otimista sobre o futuro da companhia no encontro anual de acionistas da empresa, que ocorreu ontem (25). Foi a primeira vez que Steve Jobs não participou da reunião, desde a sua volta à Apple mais de uma década atrás.

Com Jobs em licença médica até o fim de junho, a saúde do CEO foi um dos temas principais do encontro de acionistas. Na verdade, foi o assunto da primeira questão feita quando os diretores da Apple iniciaram a parte de perguntas e respostas.

Um acionista questionou a razão pela qual o conselho de diretores manteve os investidores no escuro sobre a saúde de Jobs e questionou o plano de sucessão na empresa. Arthur Levinson, membro do conselho e CEO da Genentech, respondeu que o conselho fornece informações que considera importantes, e que os diretores conversam regularmente sobre a sucessão de Jobs.

O encontro também serviu para a Apple garantir aos acionistas que está no caminho certo. Tim Cook, CEO interino, falou sobre as fortes vendas de Macs, iPods e iPhones no último ano e louvou a App Store como "absolutamente invejada pela indústria". Ele garantiu que está "muito confiante na linha de produtos".

A parte corporativa da reunião serviu para reeleger o conselho de oito diretores, embora um acionista tenha reclamado da presença de Al Gore - membro do conselho diretivo -, por conta de uma controvérsia de fundos angariados para sua campanha presidencial em 1996.

De fato, o nome de Gore apareceu tanto quanto o de Jobs no evento de uma hora e quinze minutos - que contou ainda com um inusitado "Parabéns a você" cantado pelo aniversário de 54 anos de Jobs, comemorado na terça (24).

Ainda na saúde do CEO, Cook e o diretor financeiro Peter Oppenheimer falaram sobre a saída da Apple da Macworld Expo, reafirmando o tom de que as Apple Stores são equivalentes a inúmeras Macworlds "por semana" e que a decisão não tem a ver com "o fato de a Apple não gostar da Expo".

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail