Home > Notícias

Embratel tem autorização do Ibama para operar fibra óptica na Amazônia

Cabo óptico une as cidades de Manaus e Porto Velho e vai dobrar capacidade de comunicação de dados e telefonia na região.

Redação do COMPUTERWORLD

04/02/2009 às 13h32

amazonia_150.jpg
Foto:

A Embratel anunciou nesta quarta-feira (04/02) que obteve licença do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis) para operação da fibra óptica que liga os municípios de Manaus e Porto Velho, em um trecho de 900 quilômetros no meio da floresta amazônica. Os investimentos da Embratel desde o início da implantação do cabo óptico totalizam 100 milhões de reais.

Em comunicado enviado à imprensa, Maria Tereza Azevedo Lima, diretora executiva da companhia para as regiões Centro-Oeste e Norte, disse que investir na Amazônia implica desafios geográficos e ambientais muito sérios. A implantação de uma fibra óptica foi um projeto importante para o desenvolvimento das telecomunicações na região.

O sinal verde do Ibama chega no momento em que a Embratel elevou a capacidade de comunicação de dados e telefonia da fibra Porto Velho-Manaus, como é conhecida, para 2,5 gigabytes por segundo (Gbps). Assim, a empresa já pode ampliar a oferta de serviços de telefonia e acesso à internet na região para os mercados corporativo e residencial.

Somente nos últimos 12 meses, foram realizadas quatro expansões do potencial da rede, ampliando a capacidade inicial do cabo óptico que era de 768 megabytes por segundo (Mbps). Em continuação ao projeto de expansão no Estado do Amazonas, a Embratel iniciou estudos para a travessia do Rio Amazonas com fibras ópticas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail