Home > Notícias

Empresa afirma que Chrome superou o IE e é o navegador mais usado no mundo

A empresa irlandesa StatCounter acredita que o Chrome derrotou o IE, mas navegador da Microsoft ainda lidera de acordo com algumas empresas de métricas.

Gregg Keizer, Computerworld/EUA

21/05/2012 às 18h58

Foto:

O Google Chrome superou o Microsoft Internet Explorer (IE) na
semana passada e se tornou o navegador mais utilizado do mundo, de acordo com
dados da StatCounter.

A utilização média do
Chrome na semana de 14 a 20 de maio foi de 32.8%, disse a empresa, especializada em localizar tendências de browser e sistema operacional. Na
mesma semana, a média do IE foi de 31.9%. Apesar de o Chrome ter batido o IE no
registro da empresa antes – um dia aqui, outro lá -, esta foi a primeira vez
que o navegador da Google ficou no topo por uma semana inteira.

O Firefox da Mozilla ficou em terceiro com uma porcentagem
de 25.5%, enquanto o Safari da Apple e o Opera da Opera Softwares ficaram na
retaguarda, com 7,1% e 1,7%, respectivamente.

O Chrome e o IE estão em um empate neste mês, até agora separados
apenas por cinco centésimos de ponto percentual no domingo. A tendência, no
entanto, é a favor do Chrome: ele estava a ponto de derrubar o IE na semana de
7 a 13 de maio, e na manhã de segunda-feira levou o browser da Microsoft de
31.9% para 31.5%.

Ainda recentemente, em abril, O IE derrotou o Chrome por muitos
pontos percentuais. A StatCounter marcou o Internet Explorer no mês passado em
34.1% e o Chrome em 31.2%. Mas algumas outras empresas de medição ainda
acreditam que o IE é o vencedor. A Net Applications, por exemplo, marcou o IE
com 54.1% em abril, comparado aos 18.9% do Chrome e 20.2% do Firefox (pelos
númerois da StatCounter, o Chrome passou o Firefox e ficou em segundo há seis
meses).

Os dois fornecedores de métricas usam técnicas diferentes de
contagem, o que leva a resultados estranhamente divergentes. A Net Applications
pesa seus dados por país para explicar a relativa escassez de informações de
nações como a China e não leva em consideração os links que carregam no Chrome
quando uma página é acessada. A StatCounter também não, simplesmente contando
as visualizações das páginas requisitadas por cada navegador.

O resultado é que os números da Net Applications para o IE
são sempre maiores que os da StatCounter, principalmente porque os usuários
chineses em sua maioria esmagadora usam o navegador da Microsoft, e os números
para o Chrome são sempre menores. Não surpreendentemente, a Microsoft elogiou o
relatório sobre navegadores da Net Applications e julgou a o da StatCounter
como distorcida.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail