Home > Notícias

Empresa israelense é a fornecedora de tecnologia para Projeto Natal

PrimeSense criada em 2005 fornece o processador e licencia o sistema de referência do sensor do controle por movimento.

James Niccolai, do IDG News Service

01/04/2010 às 12h57

Foto:

Uma startup israelense saiu de trás da cortina na quarta-feira (31/3)
e revelou-se como o fornecedora de tecnologia para o Projeto
Natal
da Microsoft, o sistema de controle de movimento do Xbox 360.
A PrimeSense, uma empresa de design de chips com sede em Tel Aviv,
forneceu a tecnologia do sensor 3D usado no controle que deixará os
jogadores controlarem um avatar na tela por meio de movimentos do corpo,
tais como chute, socos ou salto. Segundo a Microsoft, o controle estará
à venda até o final de 2010.

Diferentemente do Nintendo Wii, o Project
Natal
não exige que os jogadores utilizem um controle para jogar.
Em vez disso, usa uma pequena câmera 3D e uma tecnologia semelhante à do
infravermelho para criar uma imagem 3D do jogador e dos objetos ao
redor dele para, em seguida, detectar os movimentos do gamer dentro
desta cena. "Nós estamos vendendo o chip para cada sistema Natal e
também licenciamos o design de referência para o sensor 3D como um
todo", disse o CEO da PrimeSense, Inon Beracha, em entrevista por
telefone. Ele se recusou a dar mais detalhes sobre o relacionamento
entre as empresas e um comunicado conjunto das companhias trouxe bem
pouca informação adicional.

Parece provável, no entanto, que a Microsoft
exija
direitos exclusivos para usar a tecnologia PrimeSense em
sistemas de jogo, pelo menos por um tempo limitado, para dar-lhe uma
vantagem sobre outros fabricantes de console. De acordo com o diretor de
pesquisa do Envisioneering Group, Richard Doherty, acordos dessa
natureza tendem a ser exclusivo por meses, às vezes anos.

Isso não significa que a tecnologia de controle de
movimento da PrimeSense não pode ser utilizada em outros produtos não
relacionado a jogos. Beracha diz que a empresa trabalha com
fabricantes de televisores, set-top boxes e "PCs para sala de estar", e
que
os produtos com a tecnologia devem surgir a partir do final de 2010. A
PrimeSense mostrou sua tecnologia por trás de portas fechadas na
Consumer Electronics Show, em Las Vegas em janeiro.

Mesmo que o acordo exija exclusividade, isso não significa que a
Nintendo e a Sony não tenham opções. Existem diversos vendedores que
poderiam, por meio de parcerias, desenvolver tecnologias similares,
incluindo a californiana Canesta.

Além disso, fabricantes de consoles também têm trabalhado em
tecnologia próprias. O controlador da Sony, por exemplo, usa a câmera
PlayStation Eye do console para rastrear os movimentos. "Eu não
descartaria a possibilidade da Sony muito em breve ser capaz de fazer
muito, ou tudo, do que o Natal da Microsoft pode fazer", disse Doherty.

gamesshutter_625.jpg

Mas algumas questões permacem sem resposta, lemboru Doherty,
incluindo quantos jogadores serão capazes de usar o Natal
simultaneamente e a data efetiva de seu lançamento. 

Um porta-voz da Microsoft reiterou que o Project Natal chefa até o
final do ano e se recusou a comentar os termos do acordo com a
PrimeSense.

A PrimeSense foi fundada em 2005 e tem 92 funcionários, a maioria
engenheiros e já anunciou planos expandir para 120 colaboradores até o
final do ano.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail