Home > Notícias

Empresa quer impedir venda de iPhones e iPads

Elan Microelectronics entrou com uma ação contra a Apple, acusando a empresa de violação de patentes; ITC está investigando o caso

IDG News / EUA

27/04/2010 às 10h16

Foto:

A Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos (ITC) afirmou que irá investigar a Apple por conta de uma denúncia de quebra de patente feita pela empresa Elan Microelectronics, de Taiwan, relativa aos aparelhos da empresa com tecnologia multitoque, entre eles o iPhone e o iPad.

No último dia 29 de março, a Elan fez a denúncia para a ITC afirmando que a Apple violou a patente relacionada à habilidade de detectar a "presença simultânea de dedos múltiplos" em aparelhos sensíveis ao toque.

A Elan solicitou que a ITC emita uma ordem barrando a importação de tais produtos para os Estados Unidos. A empresa taiwanesa também solicitou que a ITC proíba a Apple de vender qualquer um desses produtos que já tenham sido importados para os EUA.

De acordo com a companhia, a Apple infringiu a patente de número 5,825,352, registrada pelo Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos Estados Unidos (PTO). A Elan é uma companhia que desenha semicondutores, além de desenvolver produtos focados em tecnologia de sensibilidade ao toque.

A Apple não quis comentar o início das investigações da ITC sobre os produtos da empresa.

Essa não é a primeira confusão envolvendo as duas companhias. Em abril do ano passado, a Elan processou a Apple, em uma corte da Califórnia, alegando a quebra de duas patentes. O caso está em andamento, com a próxima audiência agendada para 21 de junho, em São Francisco, nos Estados Unidos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail