Home > Notícias

Empresa japonesa apresenta tela flexível de plasma de 125 polegadas

Protótipo mede 3m x 1m e tem baixa resolução. Aplicações comerciais da supertela devem surgir a partir de abril de 2009.

IDG News Service/Japão

30/10/2008 às 10h21

Foto:

shinoda_plasma_88.jpgA fabricante de displays japonesa Shinoda Plasma está a caminho de comercializar uma tela flexível de plasma com três metros de largura e espera que os primeiros modelos comerciais apareçam entre abril e maio de 2009.

A tela de 125 polegadas é feita usando uma tecnologia de estrutura de plasma desenvolvida pela companhia e as primeiras telas são voltadas a uso em apresentações públicas. Um protótipo exibido na FPD International no Japão na quarta-feira (29/10) atraiu multidões, principalmente dos participantes da indústria de displays.

Em vez de fazer a tela com grandes folhas de vidro inflexíveis, a estrutura de plasma usa finos tubos de vidro com paredes de apenas 0,1 milímetro de espessura. Dentro dos tubos, a construção é similar àquela dos painéis de plasma convencionais. O uso dos tubos não a torna apenas mais fina - ela também é flexível.

Apesar de medir três metros de largura por um de altura e ser flexível, o painel é leve: pesa apenas 1,4 quilo. Ela usa no máximo 600 watts de potência, ou seja, menos que a metade de um display de plasma convencional, disse Ishimoto.

A resolução do protótipo, porém, é baixa: 960 pixels por 360 pixels. Isso significa que a tela é indicada para apresentações já que a resolução é inferior ao padrão das televisões de alta definição do mercado.
 
A Shinoda Plasma foi desligada da Fujitsu quando esta dediciu parar de desenvolver painéis de plasma. A Fujitsu não possui participação na Shinoda, mas as companhias continuam ligadas, pois a Fujitsu serve como canal de distribuição.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail