Home > Dicas

Encontre problemas de imagens e links quebrados em seu site

Gratuito, o Link Sleuth vasculha um site em busca de links com problemas, sejam eles relativos a imagens ou hipertexto.

Ian Harac, da PC World/EUA

30/12/2009 às 11h57

xenu_150x100.jpg
Foto:

Links são o que fizeram a World Wide Web o que ela é hoje. Mas um link com problemas – ou quebrado – que não leva a lugar algum ou não dá acesso ao arquivo ou imagem desejados é algo extremamente irritante.

Fazer a verificação manual de links em um site grande é uma atividade entediante e mesmo assim nada garante que uma link escape à mais criteriosa análise. Assim, a verificação automática é o único caminho a seguir e se puder contar com uma ferramenta que vem sendo aprimorado há quase uma década melhor ainda.

O Link Sleuth, da Xenu, é esta poderosa ferramenta gratuita. Basta fornecer a ela uma determinada URL e só. Como resposta, você Irá receber uma extensa lista de links, estejam eles quebrados ou não, apontados pelo site em questão.

Ele também é capaz de localizar coisas que você considera links, tais como referências a gráficos embutidos em webpages, o calcanhar de Aquiles de qualquer desenvolvedor web.

O relatório gerado é de fácil compreensão e exibe com clareza o status de cada link encontrado. Dê um duplo clique em determinada entrada para ter acesso ao conteúdo desejado. Pode-se também abrir uma caixa de diálogo com as propriedades para obter mais informações sobre um determinado link, incluindo que outras páginas do site fazem referência a ele.

xenu-large_350

O Link Sleuth pode ser pesado para um servidor web, já que ele requisita páginas com uma velocidade enorme. Isso pode fazer com que alguns links sejam apontados erroneamente como quebrados por uma questão de timeout, quando na realidade não estão. Mas é possível aumentar o tempo de resposta ou configurar o aplicativo para reduzir o número de solicitações simultâneas. Em geral, isso é suficiente para resolver tais problemas.

Embora o propósito primário do aplicativo seja verificar links em seus próprios sites, não há qualquer impedimento para que ele seja usado em sites que não sejam de sua propriedade e, assim, verificar como é sua estrutura e até descobrir se, neles, há links que façam referência a seus próprios conteúdos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail