Home > Notícias

Encurtador de URLs Bit.ly é barrado pelo Facebook

Quando o usuário do site clica em um link do encurtador, surge na tela uma mensagem de que o recurso é "abusivo".

Redação do IDG Now!

22/04/2010 às 18h45

Foto:

Alguns usuários do Facebook foram surpreendidos nesta segunda-feira com uma medida do site em relação ao encurtador de URLs Bit.ly. A rede social decidiu impedir a abertura de links que utilizam o recurso. Quando o usuário do site clica em um link do Bit.ly, o Facebook exibe a seguinte mensagem, sem entrar em detalhes sobre as razões para a medida:

“Desculpe-nos. O link que você está tentando visitar foi relatado como abusivo pelos usuários do Facebook".

Com popularização crescente entre os usuários, os serviços que reduzem o tamanho de endereços URL  têm sido de questionamentos ultimamente.

facebook-bit.ly

Mensagem diz que não é possível usar o Bit.ly

 Uma pesquisa da companhia de monitoramento da web WatchMouse, por exemplo, afirma que muitos deles são lentos e pouco confiáveis.A empresa holandesa selecionou 14 dos principais serviços e monitorou o tempo que o recurso fica ativo na web e o desempenho deles durante cerca de um mês: de 14/2 a 16/3.

O resultado apontou que apenas dois encurtadores, o goo.gl e o twt.tl, ficaram ativos durante todo o período; todos os outros ficaram fora do ar pelo menos uma vez durante a análise. O encurtador com maior tempo inativo foi o snurl.com, que passou cerca de 2% do período fora do ar.
 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail