Home > Notícias

Eric Schimidt, do Google, não aceitaria cargo no governo Obama

Em entrevista ao canal CNBC, o CEO disse que “ama trabalhar no Google” e que continuará chefiando a empresa.

Redação do IDG Now!

11/11/2008 às 11h45

Foto:

O Chief Executive Officer (CEO) do Google, Eric Schmidt, disse que não deve aceitar o cargo de secretário de Tecnologia da administração Barack Obama, caso seja convidado. Schmidt era um dos executivos do setor mais cotados para o cargo, e já vinha sendo chamado de "Chief Technology Officer (CTO) da América".

Em uma entrevista ao canal de TV CNBC, Schmidt disse que "ama trabalhar no Google e que ficará muito feliz em continuar na companhia". A recusa do CEO do mecanismo de buscas, porém, traz um novo desafio para Obama, que incluiu em seu programa de governo uma série de medidas para o setor de tecnologia.

O novo "CTO da América" terá que seguir uma série de diretrizes, como a proteção da liberdade e da privacidade na internet, a oferta de meios mais transparentes para os cidadãos acompanharem o governo pela web, a implementação de uma rede de banda larga de última geração.

O próximo chefe de tecnologia dos EUA também terá que garantir a infra-estrutura necessária para modernizar a educação e o sistema de saúde norte-americano e incentivar a formação de profissionais de ciências exatas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail