Home > Notícias

“Espionagem” da Google será investigada pelo governo alemão

Ministério Público alemão iniciou um processo criminal para investigar se a empresa infringiu a lei ao capturar dados de Wi-Fi.

IDG News Service

20/05/2010 às 10h47

Foto:

O Ministério Público alemão iniciou um processo criminal para investigar se a Google violou leis de proteção de dados quando coletou fragmentos de informações via Wi-Fi enquanto capturou imagens para sua aplicação de mapas Google Street View.

O inquérito, conduzido pelo escritório de Hamburgo, segue a confissão da Google de que ela teria acidentalmente coletado dados, enquantos seus veículos fotografavam cenas de ruas para o Google Maps.

O processo ainda está no início e pode levar até duas semanas para entrar em ação, segundo o assessor Willhelm Möllers, que afirmou que o escritório investigará como a Google coletou os dados.

Autoridades da França e da Itália já se uniram à Alemanha nas
investigações. O que chamou a atenção dos governos, no entanto, é que a Google, além
de ter reunido o nome de pontos Wi-Fi, também coletou o tráfego
de dados
dessas redes. A empresa se defendeu das acusações, dizendo
que tudo não passou de um acidente e que seu equipamento troca de canal
cinco vezes por segundo, ou seja, só poderia obter fragmentos de
informações.

No entanto, supondo que a Internet desses pontos funcione a 54M bits
por segundo, muitos dados poderiam ser interceptados em um espaço de
tempo consideravelmente curto.

Na Itália, as autoridades determinaram, primeiramente, que o Google
revele desde quando começou a gravar os dados, onde e por quanto tempo
eles foram guardados, e como seriam utilizados. Depois, exigem que a
empresa esclareça que informações foram captadas e se elas foram
vendidas.

Na França, não haveria problemas se a companhia tivesse comunicado
antecipadamente suas intenções à Comissão Nacional de Computação e
Liberdade, descrevendo, também, quais dados seriam guardados e para que
propósito serviriam.

Quanto ao Reino Unido, o governo disse que não irá processar a
companhia, pois ela prometeu apagar todas as informações que estava
guardando.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail