Home > Notícias

Estudantes criam aparelho portátil que monitora poluição em tempo real

Plataforma que coleta dados para medir a qualidade do ar foi selecionada como finalista do programa Campus Mobile

Da Redação

30/04/2019 às 17h32

Foto: Shutterstock

To Com a qualidade do ar se deteriorando, sobretudo em grandes centros urbanos, a população tem ficado preocupada com a exposição prolongada a poluentes. Criado por três estudantes paraibanos, o Dispositivo de Monitoramento de Qualidade do Ar Conectado a Smartphones é uma solução que permite monitorar em tempo real a qualidade do ar que se respira.
Idealizado por Henrique Miranda, estudante do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, Gabriel Barros, da Universidade Federal de Campina Grande, e David Luna, do Centro Universitário Maurício de Nassau, a solução utiliza sensores do dispositivo para monitorar aspectos como a temperatura, umidade e a concentração de gases no ambiente, indicando possíveis efeitos nocivos à saúde da população, que serão reportados imediatamente no aplicativo para smartphone.
“Queremos conscientizar os gestores públicos e as empresas sobre os efeitos da baixa qualidade do ar para a população. Dessa forma, podemos incentivar mudanças de hábito para alcançar um ambiente mais puro e com menos danos à saúde das pessoas e ao meio ambiente”, comenta Henrique Miranda.
O aplicativo concorre com outros dois projetos na categoria Smart Cities do Campus Mobile. Os vencedores do concurso serão premiados pelo Instituto NET Claro Embratel com uma viagem ao Vale do Silício, na Califórnia, Estados Unidos, para uma imersão nas principais empresas de tecnologia do mundo, como Google, Facebook, Twitter e até mesmo a Universidade de Stanford, para finalizarem os projetos. O resultado final, com a indicação dos vencedores, será divulgado no dia 6 de maio.
Na sétima edição, o Campus Mobile é um concurso de ideias e soluções para telefonia móvel do Instituto NET Claro Embratel, em parceria com a Associação do Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC/USP) e o apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. O projeto incentiva a formação de talentos do ensino técnico e universitário para atuação no mercado de conteúdos e novos serviços de telefonia móvel.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail