Home > Notícias

Estudo mostra que mercado de PCs só vai se aquecer a partir de 2010

Em nova previsão, IDC se mostra ainda mais pessimista e diz que vendas mundiais de PCs devem cair 4,5% em 2009.

IDG News Service/EUA

06/03/2009 às 8h49

Foto:

Esperando que a recessão fique ainda pior, a IDC atualizou na quinta-feira (05/03)
sua previsão de vendas anuais de PCs, dizendo que os números cairão ainda mais em
2009 e só deverão começar a mostrar sinais de gradual recuperação a partir do próximo ano.

A IDC diz que as vendas cairão 4,5% este no. Em dezembro, a consultoria havia previsto que o mercado cresceria apenas 3,8% - o que já seria um grande pessimismo em relação às previsões anteriores à explosão da crise econômica mundial, quando se esperava que a venda de PCs crescesse 13,7% em 2009.

O grande "golpe" nas vendas, tanto de desktops como laptops, acontecerá
no primeiro semestre do ano, quando a queda será de 8%, afirma a IDC.

Ao final de 2009, as vendas globais de PCs devem atingir 282 milhões de
unidades, uma queda em relação aos 295,2 milhões de 2008. O aumento do
desemprego e a queda nos gastos dos consumidores serão os principais motivos
para o resultado, disse David Daoud, gerente de pesquisa da IDC.

Os consumidores vão adiar a compra ou a atualização de seus PCs para 2010,
quando devem ter mais dinheiro no banco. Isso ajudará as vendas de PCs voltarem
a crescer, afirmou Daoud, que espera que as vendas atinjam 300,9 milhões de
unidades em 2010.

Para a consultoria, os fabricantes serão também responsáveis pela
recuperação do mercado. Eles devem começar a adicionar novos recursos em suas máquinas,
como personalizar os notebooks, incorporar mais opções de conectividade, e melhorar o tamanho e o design dos PCs.

Notebooks continuarão crescendo mais que desktops. Em 2009, deverão ser
vendidas 148,5 milhões de unidades, um leve crescimento se comparadas aos 142,5
milhões de laptops vendidos em 2008.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail