Home > Notícias

EUA barram venda de iPhone e iPad em meio a disputa entre Apple e Samsung

Enquanto Apple se disse decepcionada com decisão, fabricante sul-coreana cutucou rival e disse que continuará lançando "produtos inovadores nos EUA".

Macworld / EUA

05/06/2013 às 14h25

aparelhosiOS_43501.jpg
Foto:

A Comissão Internacional de Comércio dos EUA (ITC) decidiu que a Apple violou uma patente da rival Samsung e, por isso, baniu a importação para aquele país de determinados modelos do iPhone e iPad da operadora local AT&T.

A patente em questão envolve a tecnoogia 3G usada para transmitir vários serviços ao mesmo tempo e é necessária para a interoperabilidade do aparelho. A Comissão decidiu ainda que a Samsung não conseguiu provar que três outras das suas patentes foram violadas pela Apple.

O painel de membros da ITC revisou uma decisão do juiz James Gildea, também da Comissão, que tinha determinado que a Apple não violava quatro patentes da Samsung em uma decisão publicada em setembro.

Desta vez, o comissário Dean Pinkert foi o único a discordar da decisão contra a Apple. A ITC iniciou sua investigação em agosto de 2011, após a Samsung entrar com um processo contra a Apple no que tem sido uma longa e ampla batalha judicial entre as empresas pelo mundo todo.

O banimento da importação, ou “ordem de exclusão” como é oficialmente chamado, afeta modelos da AT&T do iPhone 4, iPhone 3GS, iPad 3G, e iPad 2 3G. A ITC ainda foi além e publicou uma ordem proibindo a Apple de vender qualquer um desses modelos em inventário que já tenha sido importado para os EUA após a decisão passar a ter efeito.

A ordem agora vai ser revisada pelo presidente dos EUA, Barack Obama. Essa parte do processo pode demorar até 60 dias. Caso ele não vete a determinação, ela será colocada em prática.

Apple descontente

A Apple publicou um comunicado sobre o assunto dizendo estar decepcionada com a decisão. Além disso, a empresa de Cupertino prometeu apelar contra a determinação da ITC.

Samsung cutuca rival

Já a Samsung aproveitou a vitória para cutucar a Apple. Segundo a empresa sul-coreana, a decisão “confirma a história da Apple de se ‘aproveitar’ das inovações tecnológicas da Samsung”. A fabricante também disse que vai continuar oferecendo produtos inovadores nos EUA.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail