Home > Notícias

Fabricante de clones pede que juiz impeça a Apple de criticar essa atividade

Psystar reclama o efeito negativo gerado sobre a empresa devido aos processos judiciais e pede para que torne seu negócio legal

Macworld/EUA

03/11/2009 às 15h55

Foto:

A fabricante de clones de Macs Psystar, que luta na justiça contra a Apple há mais de um ano, pediu ao juiz  William Hoeveler que torne legal a venda do sistema operacional Snow Leopard em computadores que não sejam da Apple e que impeça a Apple de dizer que seu negócio infringe a lei.

Em uma reclamação adicional, apresentada no dia 30/10, a Psystar já havia solicitado a legalidade para vender computadores com o sistema da Apple pré-instalado. “A declaração do Tribunal de Justiça sobre os direitos legais de ambas as empresas, a respeito dos computadores vendidos com Mac OS X Snow Leopard, deve legalizar o negócio da Psystar – e remover o efeito negativo sobre as vendas da empresa na disputa judicial com a Apple”, disse a fabricante de clones no Tribunal de Justiça. O julgamento está marcado para o dia 11/1/2010.

psystarx511.jpg

Computadores da Psystar tentam driblar as restrições da Apple para executar o Snow Leopard

Em outro trecho da reclamação adicional, a Psystar mencionou o lançamento recente do software de virtualização Rebel EFI, que permite a donos de PCs não reconhecidos pela Apple instalar e executar o Snow Leopard.

A Psystar afirmou que sua tecnologia de clonagem não infringe a legalidade do software e, simplesmente, usa os recursos do Snow Leopard que a Apple tinha incluído propositalmente. “Assim como o Microsoft Word foi escrito para funcionar no Mac OS X, e o Google Chrome  está sendo desenvolvido para o sistema da Apple, a Psystar escreve seus programas para funcionarem com o Mac Os X Snow Leopard”, argumentou a empresa.

É esperado que a próxima atualização do Snow Leopard restrinja o uso desses programas criadores de “hackintoshes”. De acordo com um desenvolvedor, a versão do Mac OS X 10.6.2, ainda em desenvolvimento, impedirá seu funcionamento em computadores com processadores de baixo custo Intel Atom – usados principalmente em netbooks.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail