Home > Notícias

Fabricantes de hardware se unem para apoiar Android, diz CEO da Nvidia

"Windows é grande demais para os tablets e tem recursos em excesso"

Sumner Lemon

31/05/2010 às 16h04

Foto:

TAIPEI (31/05/2010) - Fabricantes de hardware se unirão em apoio ao Google Android como o principal sistema operacional para tablets, de acordo com o CEO da Nvidia.

Os tablets devem ser um dos destaques da exposição anual Computex em Taipei, onde os fabricantes de hardware exibem seus mais novos produtos e protótipos. Espera-se que a maioria dos fabricantes exiba tablets, com alguns deles rodando o Android e outros como Windows. Mas o Windows não é a melhor escolha para um tablet, diz Jen-Hsun Huang, presidente e CEO da Nvidia.

"O Windows é grande demais e tem recursos demais para uso em ultraportáteis e tablets", diz Huang, falando a repórteres em Taipei nesta segunda. "A boa notícia é que nos finalmente temos um sistema operacional em torno do qual nos unir. O Android é um sistema operacional que teve um crescimento tremendo em todo o mundo", declarou Huang.

Apesar de originalmente desenvolvido para celulares, fabricantes de computadores não perderam tempo em colocar o Android em outros aparelhos. Vários fabricantes de hardware demonstraram netbooks rodando o sistema operacional na Computex no ano passado. Além disso, a Acer lançou uma versão de seu netbook Aspire One que vem com o Windows XP e o Android instalados.

"O Android se tornou o sistema operacional para dispositivos móveis que mais cresce no mundo e, de fato, já ultrapassou o iPhone em termos de crescimento e número de usuários", disse ele.

O sucesso do iPad prova que há ampla demanda por tablets e estabelece uma marca que é difícil de ser alcançada por rivais. A Apple vendeu mais de 2 milhõesd de iPads em menos de 60 dias do produto no mercado, recebendo elogios dos usuários por sua interface elegante e intuitiva e longa autonomia de bateria. Igualar o sucesso da Apple não será fácil, e exigirá modificações para otimizar o Android para os tablets.

"Andy Rubin e sua equipe [na Google] sabem exatamente para onde a indústria precisa ir. O Android começou nos telefones mas eles sabem que os tablets serão muito importantes e que o sistema operacional Android terá de evoluir, e ser aprimorado com certos recursos, para que seja um bom sistema operacional para tablets", disse Huang, citando o desempenho nos gráficos como uma área onde o Android deve melhorar para se igualar ao iPad.

É claro que a Nvidia tem um interesse em ver o mercado de tablets decolar. A empresa vende seu próprio processador baseado na arquitetura ARM, o Tegra 2, que foi projetado para tablets. O chip combina um processador ARM dual-core, processador gráfico (GPU) e outros componentes em uma única pastilha de silício. Embora tablets baseados no Tegra 2 ainda não tenham chego ao mercado, deverão estar à venda antes do final deste ano.

"Creio que teremos de esperar até por volta de Outubro. O sistema operacional está ficando pronto, os aparelhos estão ficando prontos", disse Huang.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail