Home > Notícias

Facebook e MySpace se unem para compartilhar dados dos usuários

Com o acordo, redes sociais irão trocar informações sobre preferências de entretenimento de seus visitantes; negócio não envolve divisão de lucros.

IDG News Service

18/11/2010 às 20h54

Foto:

O MySpace e o Facebook anunciaram um novo serviço chamado "Mashup com o Facebook", que permitirá ao MySpace sugerir conteúdo de entretenimento para seus usuários com base nos interesses que eles manifestaram no Facebook.

Com essa informação, o MySpace irá personalizar uma página de entretenimento para seu usuário. A página irá não só oferecer o conteúdo de bandas, programas de TV, filmes e celebridades, mas também sugerir conteúdos relacionados.

Eis como funciona. Quando você entrar no MySpace, um botão de opt-in "Conectar" vai pedir permissão para que o site use seus dados no Facebook e personalize uma página de entretenimento. Se disser sim, o usuário será levado para essa página.

O anúncio de hoje não é o primeiro acordo de amizade entre as duas empresas. Em julho, o MySpace tornou possível aos seus usuários enviar seus conteúdos no MySpace (fotos, atualizações de status, links e vídeos) para o Facebook (e o Twitter), com apenas um clique.

As empresas dizem que não há "condições financeiras" (ou seja, sem a participação nos lucros) em torno do novo acordo, mas ambas irão beneficiar-se. Usando dados do Facebook, o MySpace pode sugerir conteúdos de entretenimento mais adequados para os usuários, aumentando as chances de que eles os comprem de parceiros do site.

O Facebook diz que, por enquanto, não irá usar as escolhas de entretenimento dos usuários no MySpace para enriquecer ainda mais a sua enorme base de dados de dados - o seu mais valioso ativo. Mas a empresa diz que irá, em breve, implementar seus botões de "Like" por todo o Myspace, e quando um usuário manifestar sua preferência, esses dados vão diretamente para a maior rede social do mundo.

O MySpace deu uma guinada estratégica ao longo do ano passado e tornou-se um site de entretenimento (com funcionalidades de rede social), ao contrário de ser um site de rede social com recursos de entretenimento, como era antes.

Questionado sobre se este movimento representa uma admissão de derrota na guerra das redes sociais, o CEO do MySpace, Mike Jones, disse que o Mashup com o Facebook é apenas uma maneira de dar aos usuários o que eles querem. "Nós vimos uma migração dos nossos usuários atrás de conteúdo de entretenimento", disse.

É verdade que o MySpace teve sempre uma lado forte de entretenimento, atuando como um ninho para bandas e artistas de todos os tipos. Mas é óbvio tratar-se de um caso de "se você não pode vencê-los, una-se a eles".

O Facebook tem hoje mais de 500 milhões de membros e a contagem está subindo, enquanto a o MySpace registrava metade disso até meados de julho deste ano.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail