Home > Notícias

Facebook pagou pessoas para ouvir e transcrever áudios de usuários

Empresa ainda disse que encerrou a prática há cerca de uma semana

Da Redação

14/08/2019 às 11h02

Foto: Shutterstock

Após os casos envolvendo Apple, Google e Amazon quanto a gravações indevidas usando suas respectivas assistentes de voz, chegou a vez do Facebook se envolver em um caso semelhante. De acordo com a agência de notícias Bloomberg, a rede social confirmou na última terça-feira (13) que pagou para centenas de funcionários de empresas terceirizadas para ouvir e transcrever partes das conversas de áudio de alguns usuários.

Fontes anônimas familiarizadas com o assunto declararam à Bloomberg que os terceirizados não tinham informações sobre quando e como os áudios foram gravados, nem um conteúdo prévio do que cada um deles tinha. Também não sabiam por que o Facebook estava interessado nas transcrições. A única tarefa era transcrever as mensagens, sendo que algumas delas, nas palavras dos empregados, tinham "conteúdo vulgar".

Segundo o Facebook, tudo foi feito dentro da lei, e explicou que estava autorizado a transcrever conversas pelos usuários do aplicativo Messenger, uma vez que os usuários afetados escolheram a opção no app para ter seus chats de voz transcritos. O objetivo dos terceirizados seria verificar se a inteligência artificial da plataforma estava interpretado corretamente as mensagens enviadas pelos utilizadores.

O Facebook sempre negou que coletasse dados dos usuários, o que inclui arquivos de áudio. Contudo, a companhia de Mark Zuckerberg confirmou à Bloomberg que pagou para pessoas fazerem a transcrição de áudios, destacando que não vai mais manter a prática. "Assim como a Apple e o Google, desde a semana passada congelamos a prática de ouvir áudios feita por pessoas", disse a empresa.

Vale lembrar que, em julho deste ano, o Facebook foi condenado pela FTC (órgão de defesa do consumidor dos Estados Unidos) a pagar US$ 5 bilhões por questões envolvendo privacidade.

Fonte: Bloomberg

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail