Home > Notícias

FaceTime: para combater vulnerabilidade, Apple bloqueia acesso a informações

Falha permitia entrar nas contas de usuários do serviço para Mac e alterar as senhas, mesmo sem conhecer o código atual

Macworld/EUA

22/10/2010 às 15h47

Foto:

Recentemente, a Apple lançou o recurso de FaceTime (videoconferência) para Macs, que permite fazer chamadas com vídeo entre computadores da Apple e equipamentos como iPhone e iPod Touch. Porém, a ferramenta chegou com uma falha de segurança, que agora ganhou uma correção provisória.

A falha permite que qualquer um com acesso ao computador no qual o FaceTime foi instalado altere a senha do chamado Apple ID (utilizado para a conexão ao serviço de videoconferência ou mesmo ao iTunes). Detalhe: mesmo sem conhecer a senha atual.

Ao ser iniciado , o FaceTime automaticamente carrega a conexão com a conta associada. Ao ir ao painel de preferências, clicar na conta e em visualizar as propriedades, era possível inserir uma nova senha e confirmar, sem mesmo citar o código utilizado até então. 

Apesar de não ter atualizado o FaceTime, a Apple bloqueou o acesso a essas informações da conta. Agora, ao clicar em visualização de conta, o usuário é levado a uma página vazia, antes de ser enviado novamente para a anterior.

Essa não dever ser uma solução definitiva para a questão, já que as pessoas podem querer acessar seus detalhes da conta a partir do aplicativo, mas impede o acesso de bisbilhoteiros a sua conta.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail