Falha de segurança faz Microsoft recomendar uso restrito do Safari

Ataque que explora conjuntamente falha no Safari e no IE poderia dar a criminoso acesso remoto ao computador da vítima.

https://pcworld.com.br/falha-de-seguranca-faz-microsoft-recomendar-uso-restrito-do-safari/
Clique para copiar

A Microsoft alertou na última sexta-feira (30/05) sobre o risco corrido por quem usa o navegador Safari no Windows XP ou Vista. A empresa foi além, aconselhando “o uso restrito do Safari como browser até que esteja disponível uma atualização apropriada da Microsoft e/ou Apple”.

A boa notícia, segundo a empresa, é que ainda não há nenhum ataque explorando a falha. A má notícia é que, se ninguém criar uma solução, um criminoso poderá instalar softwares maliciosos no PC da vítima e ganhar acesso remoto a ele.

A ameaça explora simultaneamente duas falhas diferentes, uma no Safari e outra no Internet Explorer. Usando o Safari, você acessaria um site malicioso que faria o download  não desejado de um software no seu desktop, que, posteriormente, poderia ser executado sem sua permissão, explorando outra falha no IE (o usuário sequer teria de iniciar o IE para ser atacado).

Em um boletim de segurança, a Microsoft destaca o nível de risco “crítico” da falha, associado à possibilidade de execução remota de códigos.

A Apple, por outro lado, diz que “não considera isso um problema de segurança”, de acordo com o e-mail postado no blog stopbadware.org.

Segundo a Microsoft, se você usa o Safári deve fazer algo para se proteger, como mudar o local padrão de download do seu PC (normalmente o desktop), seguindo os passos abaixo:

1. Abra o Safári
2. No menu “Editar”, selecione “Preferências”.
3. Pela opção  “Salvar download de arquivos em:”, selecionar um local diferente em seu disco.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site