Home > Notícias

Falha no Access pode ser mais significativa que a divulgada pela MS

Bug explora o ActiveX, especialmente para os usuários que configuram o IE para executar o controle automaticamente.

IDG News Service/Reino Unido

14/07/2008 às 10h22

Foto:

Um conjunto de ferramentas usado para atacar computadores acaba de ser atualizado para aproveitar uma vulnerabilidade de segurança não reparada no Microsoft Office Access, que poderia significar que os ataques serão intensificados, de acordo com a Symantec.

O kit de ferramentas Neosploit é um dos vários na internet que podem ser usados por hackers com menos conhecimentos técnicos para comprometer máquinas. A Symantec disse que tem detectado em sua rede de sensores da internet que o Neosploit pode aproveitar da vulnerabilidade revelada no início dessa semana no programa de base de dados Access.

“Uma análise aprofundada deste comprometimento revelou que o ataque tem sido adicionado a uma variante do kit de ataques Neosploit e ele provavelmente irá atingir um número maior de vítimas”, de acordo com o que a Symantec escreveu no site ThreatCon.

No último dia 7 de julho, a Microsoft alertou para a falha, um dia antes do anúncio mensal de segurança, que corrigiu falhas no Windows e SQL Server, mas nada foi dito sobre o Access. A vulnerabilidade está dentro do Snapshot Viewer ActiveX Control, um visualizador para relatórios do Access que não exige executar o software.

A vulnerabilidade representa um perigo especial, pois o controle ActiveX é assinado digitalmente pela Microsoft. Com isso, as pessoas que têm o Internet Explorer configurado para acreditar nos controles Activex para que o execute automaticamente se depararam com uma página da internet.
++++
Algumas páginas da web que já tenham sido atingidas com ataques automatizados do SQL no início do ano estão também hospedando os ataques ao Access. De acordo com Sean Hittel, da Symantec.

“Como é o caso da maior parte dos ataques ao ActiveX, eles estão sendo servidos por sites tradicionais que têm sido vítima eles próprios pela injeção automática dos ataques SQL”, escreveu Hittel no fórum da Symantec. “No passado, nós vimos governo, comércio e sites de entretenimento sendo vítimas desse ataque SQL e, depois, se tornando servidores dos ataques para casa visitante”.

O visualizador problemático acompanha todas as versões do Microsoft Office Access, exceto o Access 2007.

A Microsoft ofereceu sugestões de uma consultoria de segurança para impedir os ataques até que a correção esteja disponível.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail