Home > Dicas

Fences 2 deixa seu desktop mais organizado e funcional

Utilitário automatiza a organização dos ícones no destkop e facilita o acessos aos seus programas, pastas e arquivos favoritos.

Erez Zukerman, PCWorld EUA

15/04/2013 às 16h04

Foto:

Não tenho nenhum ícone no meu desktop. Tenho dois monitores widescreen lado-a-lado, com uma resolução horizontal de quase 4.000 pixels, e nem um ícone sequer. Isso porque um ícone chama outros, e o resultado final é um desktop bagunçado que atrapalha a visão dos meus belos papéis de parede. Mas o Fences 2, da Stardock, é um utilitário de US$ 10 que me faz repensar minha posição anti-ícone.

O Fences 2 elimina todos os incômodos tradicionalmente ligados aos ícones no desktop, e deixa o que eles tem de bom ainda melhor. Quando instalado ele se torna uma parte tão natural do Windows que fico pensando em porquê a Microsoft não torna algo similar uma parte integrante do sistema operacional.

A princípio o que o Fences faz é agrupar os ícones em áreas separadas no desktop, como se estivessem em uma “caixa” ou “cercadinho” (Daí o nome: “Fence”, em inglês, significa “Cerca”). Você pode ter um grupo de ícones com seus aplicativos favoritos, outro com os documentos usados com mais frequência, e outro com favoritos da internet.

fences_desktop-360px.jpg
Um exemplo de grupos com ícones e documentos

É um sistema similar ao que muitos usuários mais organizados costumam fazer por conta própria, mas torna o processo de agrupar os ícones fácil o suficiente para o resto de nós. Quando iniciado pela primeira vez o Fences se oferece agrupar automaticamente os ícones do desktop, e a princípio você terá três grupos: Programas, Pastas e Arquivos & Documentos. Esses grupos não são perfeitos, mas podem ser personalizados e modificados facilmente: você pode renomeá-los, tirar ou colocar ícones e mover todo o conjunto pelo desktop.

Por questões de estética ou privacidade, pode ser que você não queira ícones entulhando seu desktop e cobrindo o papel de parede, então o Fences pode esconder os ícones quando o desktop ficar ocioso por um tempo. Quando você quiser eles de volta, basta dar um duplo-clique no desktop e eles aparecem. É instantâneo e um dos meus recursos favoritos, porque me permite apreciar meus papéis de parede e ainda assim usar os ícones quando preciso deles. 

Um recurso emprestado do mundo dos smartphones é o Desktop Pages: assim como as múltiplas telas em um smartphone, você pode ter múltiplas “páginas” no desktop. Leve o cursor até o canto da tela, segure o botão e arraste o mouse para a esquerda para trocar de página, revelendo mais espaço para mais ícones. Se mover o mouse até o canto da tela parece trabalhoso, você tem como alternativa segurar a tecla Alt, clicar no desktop e usar a rodinha do mouse para trocar entre as páginas.

fences_win8-360px.jpg
Fences no Windows 8. Clique para ampliar

Outro recurso interessante do Fences 2 são os Folder Portals, que permitem colocar atalhos interativos para pastas em seu desktop. Se você tem uma pasta com muitas pastas e subpastas, pode criar um “portal” para ela, o que dá acesso direto ao seu conteúdo. Basicamente, é como ter uma janela do Windows Explorer com a pasta sempre aberta, mas sem ter de se preocupar com uma janela extra. É um recurso interessante, mas tem algumas limitações: não dá pra usar o teclado para fazer uma busca rápida dentro da pasta, e não é possível abrir subpastas dentro do portal (clicar em uma delas abre o gerenciador de arquivos).

A versão original do Fences era um excelente produto, e o Fences 2 mantém o que já era bom e evita recursos desnecessários que deixariam o programa “inchado”. Não estou muito convencido da utilidade dos Folder Portals, mas as páginas (Desktop Pages) são um recurso bem-vindo, são rápidas e parecem algo natural. Mesmo que você não seja o tipo de usuário que tem milhões de ícones no Desktop, o Fences 2 pode cativá-lo. Experimente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail