Home > Notícias

Gangue é presa na Inglaterra por fraude milionária com iPhones

Grupo é acusado de ligar para números pagos usando telefones comprados de forma ilegal; operadora O2 perdeu 1,2 milhão de libras (US$ 1,8 milhão) em julho

Macworld/Reino Unido

19/08/2010 às 11h28

Foto:

Uma gangue acusada de causar prejuízos milionários em um esquema de ligações com iPhones foi presa na Inglaterra. O grupo criminoso é acusado de ter comprado telefones da Apple de forma fraudulenta, que foram usados para ligar para números de tarifas premium (comuns em serviços telefônicos que cobram uma taxa por minuto), causando um prejuízo de 1,2 milhão de libras (US$ 1,8 milhão) para a operadora inglesa O2 apenas no mês de julho.

Formado por nove pessoas, o grupo, preso sob suspeita de "conspiração fraudulenta", teria criado números telefônicos de tarifa premium em outros países e utilizado identidades falsas para comprar contratos de aparelhos portáteis, alguns dos quais também eram vendidos em outros países.

Enquanto isso, os SIM Cards que vieram com os smartphones foram usados para os números de tarifa premium, sendo que alguns deles chegavam a cobrar 10 libras por minuto. As leis de telecomunicação de alguns países determina que as operadoras do Reino Unido devem pagar aos provedores de um serviço telefônico antes de receber o dinheiro dos próprios clientes.

Como as ligações eram interurbanas, a maioria das operadoras móveis pagava as contas antes de passar a cobrança aos clientes. Foi apenas depois que a O2 se deu conta das altas cobranças que a polícia foi chamada para investigar o assunto.

Avaliados em cerca de 15 mil libras, foram apreendidos itens como telefones, cartões SIM, passaportes, notebooks e documentos falsos durante as buscas, que aconteceram nas cidades inglesas de Londres, Southend, Walsall, Birmingham e Middlesbrough.

“Nós conseguimos descobrir o coração de uma rede criminosa altamente sofisticada que têm mirado a indústria de telecomunicações para roubar milhões de libras”, disse o detetive da polícia londrina, Bob Wishart. “A cada mês eram usados mais SIM-cards para serem realizadas mais ligações para linhas de tarifas premium, causando, assim, mais despesas para as operadoras.”

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail