Home > Notícias

Gasto com hardware é maior nos países emergentes que nos ricos

Mesmo com crise, 66% das grandes empresas de países em desenvolvimento vão investir em equipamentos este ano.

Redação da Computerworld

23/07/2009 às 12h02

Foto:

Apesar da atual crise econômica, os investimentos em hardware nos países emergentes vão crescer mais do que em nações desenvolvidas. E o que mostra um estudo divulgado pela consultoria norte-americana Gartner nesta quarta-feira (22/7). A situação nessas regiões contrasta com a realidade dos mercados desenvolvidos, onde os fabricantes estão tendo muitas dificuldades.

Foram ouvidos 951 profissionais de tecnologia da informação de grandes empresas, entre fevereiro e março de 2009. Os resultados apontam que 66% das organizações não pretendem mudar os gastos com hardware ou vão ampliar os investimentos.

Para o vice-presidente de pesquisas do Gartner, Luis Anavitarte, a análise mostra que os fornecedores devem mudar as estratégias para os canais de venda, aumentando o foco no mercado de grandes empresas, principalmente no Brasil, Rússia, Índia e China. Segundo o consultor, para desenvolver oportunidades de negócios nestas regiões, pode ser necessária uma abordagem mais agressiva, em conjunto com fornecedores de tecnologia.

A pesquisa revela também que 35% dos entrevistados planejam aumentar os investimentos em virtualização. Em relação à computação em nuvem (tipo de entrega de tecnologia na qual a infraestrutura fica toda no fornecedor e não no cliente), apenas 7% afirmaram ter intenção de investir no modelo. Metade dos pesquisados sequer ouviu falar de computação em nuvem (cloud computing) ou conhecem o termo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail