Home > Dicas

Gerencie seus arquivos do iTunes

Veja nossas dicas do media player da Apple para organizar músicas e vídeos no Mac.

Por Macworld/EUA

06/06/2008 às 17h28

itunes150.jpg
Foto:

O iTunes funciona como um tocador de mídia e um banco de dados, e é esse último que te ajuda a organizar todos os arquivos de áudio e vídeo. Não importa onde eles estejam, você pode ter informação sobre sua mídia sempre em uma interface limpa e fácil de usar, e então escolher onde vai usar esse conteúdo, seja em um iPod, iPhone ou Apple TV.

O modo que você gerencia os arquivos pode fazer uma grande diferença no modo de encontrá-los, fazer backup e manter registros deles. A seguir, descubra qual o melhor método de gerenciamento e como poupar tempo ao deixar o iTunes cuidar direito da sua vida digital.

Onde seus arquivos "moram"
Quando você abre o iTunes pela primeira vez, ele cria uma nova pasta dentro da sua pasta de usuário/Música/iTunes. A configuração padrão do iTunes é copiar toda mídia importada para essa pasta, que será organizada também por artista e álbum.

Isso garante facilidade de acesso aos seus arquivos (para funcionar de forma ainda mais otimizada, é preciso criar tags corretas para todo seu conteúdo digital, mas isso é outra história).

++++
Armazene arquivos novos em qualquer lugar
Se você adiciona grandes arquivos de vídeo para sua Biblioteca do iTunes, seu disco rígido pode reclamar que falta espaço, e talvez você queira armazenar seus dados - ou parte deles - em um disco rígido externo.

Para fazer isso em um HD externo, crie uma pasta iTunes Music nesse disco. Então, nas preferências (Preferences) do iTunes, clique na opção Advanced, veja o local da pasta iTunes Music e clique no botão Change.

Navegue até a nova pasta e clique em Open e em OK. Isso vai dizer ao iTunes para armazenar todos os novos arquivos nessa pasta. (Note que isso não vai mover seus arquivos existentes, mas você ainda será capaz de acessá-los pelo iTunes - mais à frente falo como mover os arquivos).

Para acessar o novo conteúdo, é claro, é preciso conectar o disco rígido antes de abrir o iTunes. Caso contrário, você não conseguirá ouvir a música armazenada lá.
++++
Não copie arquivos
Uma outra opção é mudar as configurações do iTunes para que ele não copie os arquivos ao adicioná-los à biblioteca do programa (padrão do iTunes), mas sim deixá-los onde estão. Fazer isso lhe permite deixar arquivos na pasta local do iTunes, outros no disco externo ou em outra pasta no seu Mac.

Para fazer a mudança, olhe abaixo da seção iTunes Music Folder Location nas preferências avançadas do programa e remova a seleção Copy Files to iTunes Folder When Adding to Library.

Toda vez que você adicionar novos arquivos ao iTunes, o software irá apenas criar referências aos arquivos, em vez de copiá-los. Entretanto, toda música que for copiada via iTunes (como CDs ripados) será armazenada no local padrão (a pasta iTunes Music no Mac).

O problema desta alternativa é que seus arquivos ficam espalhados pelo computador. Claro que é algo simples de controlar: dê um clique com o botão direito no arquivo dentro do iTunes e escolha Show in Finder para ver onde ele está armazenado. E deixar os arquivos espalhados pode ser problemático quando você tentar fazer backup.

painel de preferências do iTunes

++++
Consolide sua biblioteca
Se os arquivos de mídia estão em diversos locais, pode chegar uma hora que você queira trazer todos a uma única pasta, seja para fazer cópias de segurança ou apenas simplificar sua vida, colocando todos em um lugar só.

Se você tem espaço em disco, faz mais sentido centralizar todos os arquivos em um único local. Para fazer issso, vá às preferências do iTunes e escolha Advanced: Consolidate Library.

Desse modo, o iTunes irá copiar todos os arquivos espalhados para a pasta do iTunes Music. Essa tarefa pode levar bastante tempo, dependendo do número de arquivos que você tem.

Os arquivos espalhados irão ser copiados para a pasta iTunes Music, mas o software não irá apagar os originais. O programa deixa a seu cargo decidir o futuro deles.
++++
Mova toda sua pasta de mídia
Para fazer backups, você pode querer ter todos os arquivos do iTunes em um único lugar, mas não na sua pasta Home. A melhor solução é usar um disco externo (ou um interno adicional, no caso de desktops em torre) para seus arquivos do iTunes. Embora isso não seja uma alternativa prática para um laptop (a não ser que ele fique a maior parte do tempo em um só lugar), funciona muito bem em um desktop Mac.

Para mover seus arquivos para um outro disco, primeiro copie a pasta iTunes Music para o local desejado. Então direcione o local da pasta (descrito anteriormente) para a nova pasta. O iTunes leva um tempo para atualizar a biblioteca, dependendo do seu tamanho.

Para garantir que o iTunes encontre o novo lugar da pasta, tente reproduzir um arquivo. Se não funcionar, você verá um ponto de exclamação próximo ao nome do arquivo - isso significa que é preciso consolidar a biblioteca de novo (como descrito acima). O iTunes às vezes faz a consolidação correta pela primeira vez, e pode precisar varrer os arquivos novamente para deixar tudo funcionando certo.

Depois disso, você poderá reproduzir seus arquivos do disco externo, desde que ele esteja conectado (e ligado à energia) antes de abrir o iTunes.

Se você tem um laptop, pode usar o disco externo para sincronizar arquivos com um iPod mesmo se não vai deixar o HD conectado o tempo todo. Sincronize o iPod, feche o iTunes e ejete o disco externo.

Ao mover seus arquivos de um Mac para outro, existem dois modos de garantir que sua biblioteca do iTunes permanecerá intacta. O primeiro é usar o Assistente de Migração da Apple durante a instalação ou configuração do sistema e copiar todos os arquivos e pastas do Mac antigo para o novo.

Se você quiser mover os arquivos manualmente, tudo que precisa fazer é copiar a pasta com os arquivos de mídia (como a pasta iTunes Music) e também copiar os outros arquivos presentes na pasta iTunes para a pasta iTunes nova.

++++
Faça backup
Se o disco rígido falhar, você está encrencado. Vai perder tudo, incluindo todos os arquivos de música que ripou de seus CDs, com capinhas e até letras. Fazer uma cópia de segurança significa que, se tiver um probema, poderá restaurar tudo em minutos em vez de ter que refazer tudo.

Existem diversas maneiras de realizar backup do iTunes. A Time Machine do Leopard faz isso automaticamente. E o iTunes tem um método interno, que pode ser acessado no menu File, na opção Back Up to Disc. Essa solução abre uma janela de backup do iTunes, permitindo copiar sua biblioteca inteira, as listas de reprodução ou até os itens que mudaram desde seu último backup.

O iTunes lembra quais arquivos foram adicionados ou modificados. Se você já fez um backup inicial completo, cada backup seguinte irá copiar apenas os arquivos novos. Isso ajuda a tornar o processo muito mais rápido.

Ao clicar no botão Back Up, o iTunes irá pedir para que você insira um disco óptico para gravar os arquivos. Ao encher o primeiro disco, irá pedir pelo seguinte e assim por diante, até terminar a cópia de segurança. DVDs funcionam melhor nessa função, já que neles cabem seis vezes mais dados que em um CD gravável.

Como o iTunes grava seus arquivos em um formato padrão do Finder, basta inserir o DVD no Mac e copiar seus arquivos sem usar nenhum software especial. Para restaurar a biblioteca completa, insira o primeiro disco do backup e siga as instruções na tela - desse modo o iTunes irá restaurar todos seus arquivos e listas de reprodução.

Janela de backup do iTunes

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail