Home > Notícias

Giove-B, segundo satélite do sistema Galileo, vai para o espaço

Satélite carrega relógio atômico com precisão de 1 nanossegundo, o mais preciso que já voou pelo espaço, diz a Agência Espacial.

IDG News Service/Japão

28/04/2008 às 9h40

Foto:

O sistema de navegação por satélite Galileo lançou, no domingo (27/04), um segundo satélite experimental, o Giove-B. Ele carrega um relógio atômico com precisão de 1 nanossegundo, o que o torna o relógio atômico mais preciso que já enviado ao espaço, segundo a Agência Espacial Européia.

Manter a precisão do tempo é vital para saber o posicionamento do satélite, pois os receptores na Terra trabalham sua localização pela medida e comparação do tempo que leva para os sinais serem recebidos de alguns satélites.

Um erro de 1 nanossegundo no tempo equivale a um erro de posicionamento de 30 centímetros. Os relógios precisam estar em sincronia perfeita para que possam apontar a localização de um usuário com precisão útil.

O satélite anterior, Giove-A, tinha dois relógios atômicos com precisão de 10 nanossegundos.

Quando o sistema de navegação Galileo começar a operar oficialmente, cada um dos 30 satélites levará dois dos relógios com precisão de 1 nanossegundo para registros primários e dois relógios de 10 nanossegundos (menos precisos) como backup.

O projeto Galileo foi lançado pela União Européia para oferecer uma alternativa civil ao sistema GPS (do inglês Global Positioning System) Navstar, controlado por militares dos Estados Unidos.

Apesar do sistema norte-americano ser oferecido para uso comercial, as nações européias queriam seu próprio sistema para usar em guerras ou conflitos. O Galileo e o GLONASS, da Rússia, querem ser uma alternativa ao GPS, mas são incompatíveis.

O projeto conseguiu, na semana passada, apoio de 5,3 bilhões de dólares do Parlamento Europeu para que o sistema seja lançado em 2013.

Os próximos satélites a serem lançados, em 2010, são os quatro primeiros da constelação Galileo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail