Home > Notícias

Golpe usa download do Flash para faturar com SMS

Ação faz com que usuários gastem cerca de 3 dólares para obter falso código de ativação do software

IDG News Service

19/12/2011 às 10h10

Foto:

Um golpe online criativo, que cobra os usuários via SMS pelo que deveria ser uma cópia gratuita do Flash da Adobe, está  se espalhando pela  Internet, de acordo com a empresa de soluções de segurança BitDefender.

A armadilha foi descoberta depois que um dos clientes da empresa descobriu um link suspeito disfarçado de uma atualização do Flash Player no Vkontakte, uma rede social russa, de acordo com Bodgan Botezatu, pesquisador de ameças eletrônicas da BitDefender.

Quando a pessoa clica no endereço, ela é direcionada para a aplicação do Flash Player, porém um menu drop-down pergunta o país do usuário, assim como seu telefone celular e operadora - a Adobe não pergunta esse tipo de informação durante uma instalação normal.

Caso more na Rússia, o instalador instrui o usuário a enviar uma mensagem para um número para receber um “código de ativação” para utilizar o programa, explicou Botezatu. Já pessoas no Reino Unido são cobradas por 1,5 libra pelo SMS ou cerca de 3 dólares nos EUA.

Os usuários russos não são cobrados, talvez porque o link nocivo  seria reportado rapidamente às autoridades, apontou Botezatu. Os  golpistas  aparentemente utilizam serviços de processamento de pagamento via SMS em países como o Reino Unido e, de acordo com os menus de drop-down, os criminosos recebem pagamentos de operadoras  como Vodafone e Orange, assim como a AT&T nos EUA.

O scam ainda não se espalhou muito, o que pode significa que os responsáveis pela armadilha estão conduzindo um período de testes para ver o quão bem ela funciona antes tentar em outra rede social, como o Facebook por exemplo. 

 
Oferecer downloads de produtos da Adobe é uma tática frequente para manipular usuários, que baixam conteúdos como se fossem produtos legitimos da empresa.

Contudo, esse caso parece ser apenas uma forma de conseguir dinheiro. “Não há nenhum tipo de programa nocivo integrado ao arquivo. Eles apenas tentam extorquir dinheiro através do esquema com mensagens de texto”, conclui o especialista.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail