Home > Notícias

Golpeie e defenda “de verdade” em novo game da série Zelda

Utilizando o Motion Plus, "Skyward Sword" permite que os jogadores controlem os movimentos da espada e escudo; jogo sai em 2011.

PC World / EUA

16/06/2010 às 16h40

Foto:

Duelando com a Sony, que anunciou o lançamento do seu Move para setembro, pelos corações dos aficcionados pelo controle de movimento mais preciso, a Nintendo revelou ontem, 15/6, o game “The Legend of Zelda: Skyward Sword”, para Wii, com controle real de espada, em sua apresentação para aimprensa na feira E3, nos Estados Unidos.

A Nintendo passou batido pela história do jogo para falar, em vez disso, sobre o novo esquema de controle que tira proveito dos novos e melhorados sensores encontrados no acessório Wii Motion Plus. Enquanto na aventura anterior da série, “Twilight Princess” (2006), os jogadores tinham de sacudir o Wiimote para indiretamente girar e golpear com a espada, “Skyward Sword” te dá um controle preciso sobre a arma.

Tive a chance de brincar um pouco com o jogo na única área de
demonstração do game após a apresentação da Nintendo. Segurando um
Wiiremote com MotionPlus em uma mão e o Nunchuk na outra, passei alguns
segundos testando o rastreamento 1 por 1, esperando por uma bagunça. Em
vez disso, o ponteiro seguiu todos os meus movimentos de forma perfeita
e fluida. Se você assistiu à conferência ao vivo e se perguntou sobre
os problemas nos movimentos enfrentados por Miyamoto, fique sossegado,
pois foi algo inteiramente ausente em minha unidade de demonstração.

Para colocar as coisas em uma perspectiva mais clara, imagine Link,
o herói da saga Zelda, olhando para o lado oposto, brandindo sua espada
e escudo, como ele faz em “Twilight Princess”. Enquanto segura o
Wiimote como um cabo de espada, você pode se mover em qualquer direção
e a espada de Link vai acompanhar. Faça movimentos horizontais ou
verticais e a espada vai cortar fluidamente na direção indicada, não –
a exemplo de “Twilight Princess” – como um movimento que você conjurou
de uma biblioteca de animações.

zelda3.jpg

Controles de movimento da nova aventura de Link podem revolucionar a série Zelda.

E sabe o que é mais incrível? Não existe demora ou atraso perceptível. Na verdade, após passar algum tempo realizando ações similares com o controle Move, para o PS3, posso dizer que o rastreamento da espada em “Skyward Sword” está facilmente no mesmo nível em termos de fidelidade de gestos.

Satisfeito por ter dominado o básico da jogabilidade com a espada, tentei mover o Nunchuk para mexer o escudo por aí. Mas o escudo não é rastreado fluidamente, e erguê-lo para se defender envolve empurrar seus dois braços junto com seu corpo para a esquerda (como estivesse empurrando algo grande para longe). Quando questionado sobre isso, o representante da Nintendo afirmou que “Lembre-se, ainda é um trabalho em progresso.”

fortnite pcworld

Enquanto o rastreamento 1 por 1 do escudo com o Nunchuk ainda não é possível, me pergunto se eles não irão criar manobrar adicionais com o escudo, provavelmente derivadas de diferentes combinações gestuais.

Andar pelo colorido mundo da demonstração funcionou exatamente como em “Twilight Princess”. O botão direcional analógico do nunchuck controla o movimento, enquanto apertar o botão A no Wiimote faz com que Link role.

zelda2.jpg

Miyamoto apresenta os novos controles de "Skyward Sowrd" para Wii, durante a feira de games E3, nos EUA.

Meu primeiro encontro envolveu a planta carnívora (Deku Baba) mostrada na apresentação. Instintivamente eu saltei para frente, golpeei, e fui jogado para trás - sem obter sucesso. “Você tem de pensar direcionalmente agora”, disse o representante da Nintendo. “Veja a boca. Veja como ela abre.”

Como esperado, ao estudar meu inimigo, percebi que algumas vezes ele abria suas mandíbulas verticalmente, e outras vezes horizontalmente. A chave? É obvia uma vez que você descobrir isso: golpeie na direção da abertura. Um floreio rápido e confiante com a minha espada na direção correta e pronto, o bicho morre.

Eu pausei neste momento para testar o recurso de inventário. Toque um botão no Wiimote e você vai conjurar um menu radial similar aos encontrados nos vários shooter em primeira ou terceira pessoa. Ao mover o Wiimote, eu pude selecionar diferentes armas de modo fácil e preciso.

Encontrei em um penhasco cheio de aranhas. Um toque no botão fez para surgir o inventário radial. Bastou um movimento rápido para selecionar o estilingue e pronto!: é hora de caçar aracnídeos. Após limpar a parede fui direto para a criatura-chefe mais próxima, indicada por um X vermelho no mapa.

No fim das contas era um tipo de escorpião gigante. Desta vez, em vez de me lamentar, eu pensei por um momento em como derrotá-lo. Como esperado, a Nintendo continuou com seu tema “a direção é a chave”, e ganhar foi uma questão de realizar golpes cortantes perpendiculares à direção em que o bicho abria suas garras.

Dito tudo isso, visualmente o jogo tinha um aspecto muito 2005, mas – como normalmente acontece com os jogos produzidos pela Nintendo para Wii – após jogar por alguns minutos e perceber como os controles estavam todos nos lugares corretos, meu desejo por gráficos sofisticados e resoluções muito altas desapareceu completamente.

A única coisa chata? O jogo só deve sair em meados de 2011.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail