Home > Notícias

Golpes online: homens perdem mais dinheiro do que as mulheres

Prejuízo online total registrado nos EUA, em 2007, chegou a 239 milhões de dólares, 40 milhões de dólares a mais que em 2006.

IDG News Service/EUA

04/04/2008 às 12h57

Foto:

Os homens perdem mais dinheiro em golpes virtuais do que as mulheres, segundo um relatório do Centro de Reclamações de Crimes na Internet dos Estados Unidos, órgão responsável por monitorar os crimes online.

Entre as 260 mil reclamações recebidas pelo órgão no ano passado, os homens perderam em média 1,67 dólar, enquanto as mulheres perderam cerca de 1 dólar em fraudes online.

“Historicamente, os homens tendem a comprar mais itens de maior valor médio, como eletrônicos… essa pode ser uma explicação”, disse John Kane, responsável pelo relatório.

Mas com as mulheres gastando mais na internet, outro fator pode explicar a diferença: os homens tendem a cair mais em certos tipos de golpes – como fraudes de investimento – que as mulheres, segundo Kane.

As reclamações ligadas a fraudes de investimento têm um valor médio de 3,5 mil dólares e são dominadas principalmente pelo sexo masculino.

Em comparação, nos casos de fraude em sites de leilão, por exemplo, tanto homens quanto mulheres são vítimas freqüentes. Porém a perda média é menor: 480 dólares.

O prejuízo total registrado em 2007 chegou a 239 milhões de dólares, 40 milhões de dólares a mais que em 2006, embora o número de reclamações tenha caído pelo segundo ano consecutivo.
++++
Kane credita a redução de reclamações à maior consciência dos usuários, porém o pesquisador Gary Warner, da Universidade do Alabama em Birmingham, há outra explicação: muitos números de cartões de crédito são roubados, mas não são usados.

“Uma teoria é que ninguém quer ir para a cadeia por roubar 40 dólares”, ele argumenta. “Portanto quando eles acessam essas contas, eles usam apenas as que têm maior valor”.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail