Home > Notícias

Google Chrome 5 Beta: os 5 principais recursos

A Google destaca a velocidade da mais nova versão de seu navegador, mas o Chrome 5 Beta tem vários outros recursos interessantes

Ian Paul

06/05/2010 às 13h35

Foto:

SAN FRANCISCO (05/05/2010) - A Google lançou recentemente uma versão beta do Google Chrome 5, a próxima iteração de seu navegador web. Novos recursos incluem a adoção de partes da especificação HTML5 como geolocalização e "arrastar e soltar" de arquivos, novos recursos para sincronização de dados com a "nuvem", integração do plugin Flash e melhor desempenho do engine JavaScript.

Resumindo, há muito do que gostar nesta versão do Google Chrome. Estes são alguns dos destaques:

Sincronização aprimorada

A Google introduziu no ano passado a capacidade de sincronizar marcadores, permitindo armazená-los "na nuvem" e acessá-lo de qualquer computador rodando o Chrome. O novo beta do navegador expande este recurso, incluindo a possibilidade de sincronizar temas, página inicial e configurações de inicialização, definições de conteúdo e de idioma.

Para usar esta função, clique no ícone da chave inglesa no canto direito da barra de ferramentas e escolha a opção "Set up sync". Na janela que aparece, faça login em sua conta na Google e o Chrome irá salvar todas as suas configurações em sua conta no Google Docs (note, entretanto, que elas não poderão ser modificadas a partir de lá).

Rode extensões no modo anônimo

O Modo Anônimo (Incognito Mode) permite navegar pela web sem registrar seu histórico de navegação ou buscas e bloqueia os cookies enviados pelos sites, mas também impede que qualquer uma de suas extensões para o Chrome funcione. O Chrome 5 resolve o problema, mas você terá de habilitar manualmente cada extensão que quiser usar.

Para habilitar suas extensões clique no link "Extensions Manager" no rodapé da janela inicial do modo anônimo, ou vá direto ao gerenciador de extensões clicando no ícone da chave inglesa. Para cada extensão que você quiser executar no modo anônimo, marque a opção "Allow this extension to run in Incognito" e clique em "Autorizar" se alguma janela surgir.

Mas saiba que as extensões podem armazenar o seu histórico de navegação mesmo no modo anônimo, o que vai contra seu propósito. Ainda assim, pode ser útil se você quiser guardar alguns artigos da Playboy no Instapaper para ler depois.

HTML 5

O HTML 5, novo padrão de programação para páginas web, pode não estar oficialmente pronto, mas isto não impediu a Google de implementar alguns de seus mais interessantes recursos. O Google Chrome 5 Beta tem suporte ao "arrastar e soltar" de arquivos, geolocalização e cache de aplicativos para uso offline (um substituto do Google Gears). A nova versão do Chrome também tem suporte a "Web Sockets", que tornam mais fácil e rápida a comunicação de aplicativos com os servidores que os hospedam.

Adobe Flash integrado

A Apple pode estar tentando matar o Flash em favor do padrão de vídeo do HTML 5, mas a Google acabou de dar uma força e tanto para o popular formato de vídeo na web ao integrar o Flash Player dentro do Chrome. Isto significa que você não precisa mais se preocupar em baixar ou atualizar o plugin Flash para a versão mais recente: basta abrir o Chrome 5 e assistir seus vídeos favoritos no YouTube ou Vimeo.

Segundo a Google, a integração com o Chrome vai tornar o Flash mais seguro, já que quaisquer atualizações para o plugin serão entregues automaticamente através do sistema de atualizações do Chrome.

E se você usa uma extensão para bloquear vídeos e animações em Flash, como a Flash Block, não se preocupe. Ela continuará funcionando mesmo com o plugin integrado.

Desempenho

Embora a Google declare que o melhor desempenho seja o principal recurso no Google Chrome 5, deixamos este item por último já que o navegador não foi analisado em testes independentes.

A Google diz que o Chrome 5 beta tem um interpretador JavaScript com melhor desempenho, de acordo com medições nos benchmarks V8 e SunSpider. JavaScript é uma linguagem de programação popular usada para criar páginas web interativas e serviços online, e uma das bases da Web 2.0. Desenvolvedores geralmente focam em melhorias no processamento de JavaScript como forma de melhorar o desempenho do navegador.

O Chrome 5 Beta seria 30 e 35% mais rápido, respectivamente nos benchmarks citados, em comparação a versões anteriores do navegador. Ele também seria de 213 a 305% mais rápido que a versão original do Chrome, segundo a empresa. Embora os números sejam impressionantes, prefiro esperar por uma verificação independente antes de acreditar neles.

Estes são os principais recursos na mais nova versão beta do Google Chrome. Se você quiser experimentá-la, pode baixá-la no site da Google. Mas lembre-se: versões beta podem ter bugs e problemas de estabilidade mais frequentemente que as versões estáveis do Chrome, então não conte com um passeio pela web livre de preocupações. O Google Chrome Beta 5 está disponível em versões para Windows, Mac e Linux.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail