Home > Notícias

Google: Compra da Motorola protegerá Android de ataques da Apple e da Microsoft

Segundo o CEO da gigante das buscas, Larry Page, negócio fortalece portfólio de patentes da Google e permitirá blindar o sistema com relação a ameaças "anticompetitivas"

Network World/EUA

15/08/2011 às 12h08

Foto:

Nas primeiras horas desta segunda-feira (15/8), em um blog
corporativo, o CEO da Google Larry Page descreveu a lógica que sustenta a
decisão de pagar 12,5 bilhões de dólares por uma das maiores fabricantes de
smartphones e tablets com sistema operacional Android.

Leia também: Google compra Motorola Mobility por US$ 12,5 bilhões

A compra da Motorola Mobility pela Google vai “turbinar o
ecossistema Android”, diz Page em sua mensagem, mas há poucos detalhes de como,
ou por que, isso ocorreria. O Android, um sistema operacional criado pela
Google – e que ostenta o título de mais utilizado em smartphones – continuará a
ser “aberto”, diz Page. Mas também aqui não há detalhes sobre o que isso
significa ou pistas sobre o que vai mudar.

Por fim, Page deixa claro que uma das razões fundamentais da
aquisição é o amplo portfólio de patentes da Motorola. Essas patentes ajudarão
a proteger o Android de ataques “anticompetitivos” da Apple e da Microsoft,
diz.

Eis o texto da mensagem de Page, que pode ser encontrada no
blog da Google:

“Desde o lançamento em novembro de 2007, o Android não
apenas fez aumentar dramaticamente o poder de escolha do consumidor como também
melhorou completamente a experiência móvel dos usuários. Hoje, mais de 150
milhões de aparelhos Android têm sido ativados em todo o mundo – com mais de
550 mil aparelhos sendo ativados por dia – por uma rede de cerca de 39
fabricantes e 231 operadoras em 123 países. Dado o sucesso fenomenal do
Android, nós buscamos sempre formas de turbinar o ecossistema Android. É por
isso que estou tão entusiasmado hoje ao anunciar que concordamos em comprar a
Motorola.

“A Motorola tem uma história de mais de 80 anos de inovação
em tecnologias e produtos de comunicações e no desenvolvimento de propriedade
intelectual, que tem ajudado a conduzir a notável revolução na computação móvel
da qual todos nós nos beneficiamos hoje. Entre seus muitos marcos estão o
lançamento do primeiro celular portátil do mundo há quase 30 anos, e o StarTAC
o menor e mais leve celular da Terra à época de seu lançamento. Em 2007, a
Motorola foi membro fundador da Open Handset Alliance que trabalhou para tornar
o Android a primeira plataforma verdadeiramente ampla e aberta para aparelhos
móveis. Eu amei meus celulares Motorola desde a era StarTAC aos atuais Droids.

“Em 2008, a Motorola apostou tudo no Android como seu único
sistema operacional para toda sua linha de smartphones. Foi uma aposta
inteligente e estamos eufóricos com o sucesso que eles atingiram. Nós
acreditamos que sua divisão mobile segue uma trajetória de crescimento e está
pronta para um crescimento explosivo.

“A Motorola também é líder de mercado no negócio de soluções
de vídeo e aparelhos para o lar. Com a transição para o Protocolo Internet
(IP), estamos entusiasmados de trabalhar juntos com a Motorola e a indústria
para apoiar nossos parceiros e cooperar com eles para acelerar a inovação neste
espaço.

“O compromisso total da Motorola com o Android em aparelhos
móveis é uma das muitas razões pelas quais acreditamos que há um encaixe
natural entre as duas empresas. Juntas, nós criaremos experiências fantásticas
para o usuário que turbinarão todo o ecossistema Android em benefício dos
consumidores, parceiros e desenvolvedores em todo o mundo.

“Esta aquisição não mudará nosso compromisso de manter o
Android como uma plataforma aberta. A Motorola permanecerá como uma licenciada
do Android e o Android permanecerá aberto. Nós vamos administrar a Motorola
como um negócio independente. Muitos parceiros de hardware contribuíram para o
sucesso do Android e vamos continuar a trabalhar com todos eles para entregar
experiências de uso superiores.

“Nós recentemente explicamos como algumas empresas,
incluindo Microsoft e Apple, vêm se unindo em ataques anticompetitivos sobre patentes
contra o Android. O Departamento de Justiça dos EUA teve de intervir nos
resultados de um recente leilão de patentes para ‘proteger a competição e a
inovação na comunidade de software de código aberto’ e está atualmente
analisando os resultados do leilão da Nortel. Nossa compra da Motorola vai
aumentar a competição por meio do fortalecimento do portfólio de patentes da
Google, que nos permitirá proteger melhor o Android de ameaças anticompetitivas
da Microsoft, da Apple e de outras companhias.

“A combinação da Google e da Motorola não vai apenas
turbinar o Android, mas também aumentará a competição e oferecerá aos
consumidores inovação acelerada, mais escolha e experiências de uso
maravilhosas. Estou confiante de que essas experiências irão criar um valor
enorme para os acionistas.

“Estou ansioso para dar as boas-vindas aos funcionários da
Motorola à nossa família de Googlers.”

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail