Home > Notícias

Google deve levar Waze por US$ 1,3 bilhão, diz site israelense

A startup de mapas e tráfego, que também era cortejada pelo Facebook, teria aceitado a proposta da empresa americana de buscas

Elizabeth Heichler - IDG News Service

10/06/2013 às 12h12

waze_logo.jpg
Foto:

Se já não está assinado, pelo menos está praticamente fechado o acordo pelo qual o Google deverá comprar, por US$ 1,3 bilhão a startup israelense Waze, produtora da app de mapas de mesmo nome que usa o conceito de comunidade e crowdsource para guiar seus 45 milhões de usuários pelo trânsito em 193 países.

Nenhuma das empresas confirma nem nega oficialmente a informação, que foi publicada no domingo (09/06) pelo site israelense de negócios Globes, e imediatamente replicada por vários jornais, incluindo o The Wall Street Journal. Segundo o jornal, o acordo final deve ser anunciado esta semana.

Nascida em Israel e atualmente com seus escritório em Palo Alto, na Califórnia, a Waze é liderada pelo CEO Noam Bardin. O Waze nasceu em 2006 como um projeto de mapas open-source liderado pelo seu CTO Ehud Shabta. Dois anos depois nasceu a empresa, bancada por dinheiro de venture capital.

O aplicativo permite aos usuários compartilhar e acessar informção sobre trânsito e navegação. Dados como problemas no trânsito, barreiras, buracos, acidentes etc. são compartilhados entre motoristas que trafegam na mesma região em tempo real.

wazeios01.jpg

A versão mais recente da app, lançada no mês passado, Waze 3.7, inclui integração com o Facebook que permite colocar lugares do Facebook nas listas de navegação dos usuários para que eles vejam como seus amigos transitam nos mesmos lugares naquele momento.

Os usuários podem também aderir à comunidade de editores de mapas para melhorar a qualidade das informações geográficas usando dados de uma base chamada TIGER (Topologically Integrated Geographic Encoding and Referencing) retirados do US Census Bureau (O IBGE americano). A app é gratuita e gera receita a partir de publicidade que usa recursos de geolocalização.

Um dado interessante: o post mais recente no blog oficial da Google (publicado no sábado, 08/06) é sobre o nascimento da computação em Israel, citando que, depois do Silicon Valley, o país é o mais pródigo em startups.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail