Home > Notícias

Google Instant chega ao iPhone: saiba se vale a pena

Desde esta quinta-feira (4/11), os usuários do smartphone da Apple já podem utilizar o recurso que, em teoria, economiza tempo nas buscas.

IDG News Service/Seattle

04/11/2010 às 19h44

Foto:

A Google começou a oferecer nesta quinta-feira (4/11) o
Google Instant para iPhones e aparelhos com o seu sistema Android, como havia prometido
quando lançou o serviço, em setembro.

O Google Instant mostra os resultados à medida que o usuário
digita o termo de busca, em vez de esperar pelo clique no botão Search.

Embora teoricamente possa economizar tempo dos usuários
móveis tal como faz no caso dos PCs, o serviço não é tão útil nos celulares por
causa do tamanho da tela.

Por exemplo, quando usa o Instant Search em um iPhone, o
teclado cobre metade da tela, e três linhas de sugestões previstas abaixo da
caixa de pesquisas já cobrem o resto do espaço. Isso deixa pouco espaço – cerca
de três linhas de texto – para os resultados da busca. Em alguns casos, essas
três linhas são parte dos anúncios patrocinados.

Uma vez que os usuários terminem de digitar seus termos de
busca e cliquem no botão Done para fechar o teclado ou escolher uma palavra
listada entre as previsões, os resultados de busca serão exibidos na tela
inteira. Este processo requer o mesmo número de cliques – um – tal como a busca
com o Instant desligado.

O Instant mostra automaticamente o resultado para a primeira
palavra adivinhada, assim os usuários que escolherem este termo de busca
evitarão o curto tempo que levaria para a Google carregar os resultados.

A Google chama o serviço de beta. Pessoas com o sistema
Android 2.2 e iPhones e iPods rodando iOS 4 já devem ver a opção de ativar o
Instant quando visitarem o Google.com.

“O Google Instant para aparelhos móveis funciona melhor em
redes 3G e WiFi, mas como a qualidade de qualquer conexão pode variar, quisemos
facilitar a ativação e o desligamento do Google Instant sem que o usuário
precise deixar a página”, escreveu o engenheiro de software Steve Kanefsky, da
Google, em um blog oficial.

Lançado em setembro, o Instant para computadores foi
recebido com críticas e elogios. Algumas pessoas acharam que ele deixou as
buscas mais fáceis e rápidas. Outros acharam que ele distrai o internauta, que
vê o trabalho de adivinhação de resultados saltar na tela. Tal como na versão
móvel, os usuários de PC podem desligar o Instant.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail