Home > Notícias

Google investe na “previsão do futuro”

No quarto lance do tipo em um único fim de semana, empresa anuncia aporte financeiro na Recorded Future, cuja tecnologia prevê eventos futuros.

James Niccolai, do IDG News Service

03/05/2010 às 20h20

Foto:

No quarto lance do tipo em um único fim de semana, a Google comunicou nesta segunda-feira (3/5) que investiu em uma startup capaz, como ela mesma afirma, de prever o futuro.

O dinheiro, cujo total não foi revelado, veio do braço de investimentos da empresa, a Google Ventures. O alvo da vez foi a Recorded Future, uma empresa de Cambridge, Massachusetts, que "oferece a seus clientes novas formas de analisar o passado e o presente, e de prever o futuro", segundo informa o site oficial.

Na sexta-feira (30/4), a Google anunciou a compra da Bump Technologies, fabricante de interfaces 3D. Nesta segunda, divulgou investimentos de 38,8 milhões de dólares em duas plantas de geração de energia eólica na região central dos Estados Unidos. Também hoje a Google Ventures comunicou o investimento em uma pouco conhecida empresa de pagamentos online - o valor não foi divulgado.

Ações e terrorismo
Aparentemente, a Recorded Future desenvolveu uma tecnologia de análise de dados que poderia ser capaz de prever eventos futuros no mercado de ações ou mesmo de atividades terroristas, indicam as informações do site da empresa. A tecnologia é capaz de perceber a frequência com que uma entidade ou um evento são citados no noticiário e ao redor da web dentro de um período de tempo. Então, ela usa os dados para projetar como será seu comportamento no futuro.

"Na Recorded Future, nós computamos um valor de momentum para cada entidade e evento em nossa base de dados", explica uma das entradas do blog da empresa. "O valor de momentum indica o nível de interesse que um certo evento ou entidade tem num tempo específico, e é atualizado continuamente. Nesse cálculo, levamos em conta o volume de notícias que citam tal entidade ou evento, bem como as fontes que são mencionadas, os outros eventos e entidades citados, e diversos outros fatores."

++++

"A medida de momentum é utilizada para apresentar os resultados mais relevantes em sua interface web, mas ela também pode ser analisada com métodos estatísticos para prever mudanças futuras possíveis no momentum, que por sua vez podem ser valiosas para tomada de decisões de negócio."

A startup afirma que sua lista de clientes inclui "algumas das principais agências de governo e empresas de comércio do mundo", de acordo com um perfil elaborado em fevereiro pelo Boston Globe.

O Google afirmou nesta segunda-feira que tem intenção de investir 100 milhões de dólares em startups durante  o ano de 2010.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail