Home > Notícias

Google já tem aplicativos nativos para iPhone 3G

Vice-presidente de engenharia diz que iPhone é melhor celular já lançado e que indústria móvel deve seguir a Apple.

Macworld/EUA

16/05/2008 às 12h09

Foto:

Quando a Apple lançar o novo modelo do iPhone e a provável App Store, para distribuição de aplicativos desenvolvidos por outras empresas, o Google simultaneamente apresentará softwares específicos para o celular, de acordo com Vic Gundotra, vice-presidente de engenharia do Google.

Os usuários do iPhone não devem se surpreender, já que desde o lançamento do telefone o Google tem sido um importante colaborador. A ferramenta de mapas do Google teve papel relevante na primeira apresentação demo do iPhone, feita em janeiro de 2007, durante a Macworld Expo, por Steve Jobs.

Em junho do ano passado, quando o celular chegou ao mercado, ele já possuía aplicativos para acessar e exibir vídeos do YouTube, do Google. Desde então, foi desenvolvido um software baseado em web que permite aos usuários do iPhone acessarem serviços como o Gmail e Calendário na home do Google, pelo Safari.

Certamente, o Google se beneficia dessa relação amigável com o iPhone, chamado por Gundotra de “o melhor celular do mundo.” Além disso, o voto de confiança dado pelo aparelho aos aplicativos baseados em web é benéfico ao negócio do gigante das buscas.

Para Gundotra, toda a indústria móvel pode e irá se beneficiar com a postura da Apple principalmente em relação ao iPhone.

 “O Google possui diversos aplicativos baseados em web que gostaria de oferecer em um formato móvel, mas devemos superar dois desafios”, ele revelou. “A plataforma móvel não é tão poderosa tecnicamente quanto um desktop e é incrivelmente fragmentada.”
++++
Diferente do mercado de computadores, no qual poucos navegadores dividem a participação, o mundo móvel está repleto de formatos incompatíveis, forçando desenvolvedores a criarem versões específicas de programas para cada plataforma.

Segundo Gandotra, o Safari, navegador do iPhone, é o melhor de todos lançados até agora, e ele acredita que outras empresas seguirão o exemplo da Apple, adotando browsers baseados em WebKit, visando o problema da fragmentação no mercado de dispositivos móveis.

Enquanto isso, o Google está se dedicando a desenvolver, com o SDK, aplicativos nativos que funcionem no iPhone. “È o melhor dos dois mundos em um mesmo aparelho”, disse Gundotra.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail