Home > Notícias

Google lança código-fonte do Android 4.1 “Jelly Bean”

Com o código, desenvolvedores já podem começar a adaptar o sistema e criar versões não-oficiais para vários aparelhos.

Jon Gold, Network World EUA

10/07/2012 às 16h14

Foto:

A Google lançou na noite desta segunda-feira o código-fonte completo da mais nova versão do sistema operacional Android, a 4.1 “Jelly Bean”. O código está disponível no repositório oficial do Android Open Source Project (AOSP) em source.android.com

Desenvolvedores que participaram de uma discussão no Google Groups se surpreenderam com a inclusão do código necessário para suporte à versão CDMA/LTE do Galaxy Nexus (comercializada nos EUA pela operadora Verizon), cuja ausência era um problema para o desenvolvimento em versões anteriores do sistema. Entretanto o líder técnico do AOSP, Jean-Baptiste Queru, informa que “não há suporte a novos dispositivos fora o Nexus 7. Todo o resto fica a cargo dos fabricantes”.

Os drivers proprietários usados no smartphone Galaxy Nexus e tablet Nexus 7 também estão disponíveis, segundo o anúncio. Os binários devem ser integrados ao código-fonte do sistema para suporte completo a todos os recursos destes aparelhos. Queru também disse que binários similares para o Nexus S e o Motorola Xoom estarão disponíveis em breve “coincidindo com o lançamento de versões do sistema para os usuários destes aparelhos”

Como de costume, a Google não irá distribuir versões do Jelly Bean para aparelhos de outros fabricantes. Os usuários que quiserem usar o Jelly Bean desde já terão de obter acesso de root a seus aparelhos e instalar ROMs customizadas desenvolvidas por terceiros, como a popular CyanogenMod, ou esperar por uma atualização oficial.

Felizmente o trabalho nestas ROMs customizadas já começou. Há variantes não-oficiais do Jelly Bean adaptadas a partir de cópias do sistema extraídas dos aparelhos distribuídos durante o evento Google I/O, embora elas tenham níveis variados de funcionalidade. Versões criadas diretamente a partir do código-fonte provavelmente serão muito mais funcionais.

O código-fonte recém-lançado também contorna uma decisão da justiça norte-americana que validou uma patente da Apple relacionada ao recurso de busca universal, o que causou a suspensão temporária das vendas do Galaxy Nexus nos EUA. Com isso, atualizações e o desenvolvimento do sistema provavelmente não serão prejudicadas por possíveis questões legais.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail