Home > Notícias

Google lança pacote de produtividade que dribla departamento de TI

Versão do Google Apps permite que funcionários colaborem por meio de ferramentas de escritório online sem aval dos administradores.

Por IDG News Service/EUA*

07/02/2008 às 9h49

Foto:

O Google está lançando uma nova versão do seu pacote de aplicativos hospedados na web que pode ser usada por funcionários dentro do ambiente de trabalho sem a necessidade do envolvimento do departamento de tecnologia – mais uma dor de cabeça para os administradores de rede preocupados em barrar softwares não autorizados no ambiente corporativo.

O lançamento, chamado Google Apps Team Edition, deve estar disponível nesta quinta-feira (07/02) gratuitamente, e é voltado a usuários que se interessam pelas ferramentas online e cujas empresas não adotaram o pacote de produtividade do Google, disse Rajen Sheth, gerente sênior de produtos para Google Apps.

A versão Team Edition inclui serviços de comunicação e colaboração de outras edições, como processador de texto, planilhas, mensagem instantânea e calendário, mas não o Gmail, que requer a autorização da empresa para direcionar o tráfego de mensagens.

Mais de 500 mil organizações, a maioria delas pequenas empresas, já baixaram o Google Apps, mas as versões anteriores - Standard, Education, Partner e Premier – exigem envolvimento do departamento de tecnologia na implementação, pois utilizam o domínio corporativo.

Com o Team Edition, qualquer usuário que tenha um endereço válido dentro do domínio da empresa pode compartilhar serviços – independente da autorização departamento de tecnologia.

“O departamento de TI tem a opção de assinar a versão Standard Edition gratuitamente se quiser ter controle sobre o processo”, argumentou Sheth. A edição também pode ser atualizada para as versões pagas, como a Premirer, que custa 50 dólares por usuário ao ano.

Para Matt Cain, analista do Gartner, o Google terá que equilibrar o incentivo aos usuários finais e a participação do departamento de tecnologia se quiser emplacar o serviço. “O Google vai encorajar a adoção dos usuários finais, mas não pode retirar a intermediação da equipe de Ti, que no final limpa qualquer bagunça feita”, avalia.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail