Home > Notícias

Google Nexus One: um fiasco de sucesso

O smartphone pode não ser um bestseller, mas faz bem ao demonstrar aos desenvolvedores do que o Android é capaz.

IDG News Service

27/04/2010 às 12h37

Foto:

Lançado em Janeiro, o Google Nexus One foi bem recebido, mas suas vendas foram um fiasco: em março a companhia de pesquisas móveis Flurry registrou 135 mil unidades do aparelho vendidas 74 dias depois do lançamento.  Em comparação, cerca de um milhão de Droids e iPhones foram vendidos no mesmo período depois de seus lançamentos.

As notícias de recentes também não ajudam. A Google está gentilmente empurrando os usuários da Verizon Wireless para que eles comprem o Droid Incredible ao invés do Nexus One.

Celular misterioso
Considerando as vendas da Google, é discutível se a companhia se importa se o Nexus One será um sucesso ou fracasso. O plano de vender o produto apenas via internet já marcava um começo confuso, afinal, a maioria dos consumidores quer segurar um smartphone antes de comprá-lo.

A empresa também não investiu em comerciais na TV sobre o Nexus One. O marketing digital pode ter sido uma grande forma de se aproximar dos geeks que gostam de estudar especificações dos aparelhos, mas não se conecta às massas que não sabem o que o Android é – e francamente não se importam.

E, por fim, a escolha da Google em relação às operadoras móveis. O Nexus One foi lançado na quarta colocada T-Mobile, que vende o aparelho por 179 dólares em um plano de dois anos (um Nexus One debloqueado da AT&T ou T-Mobile custa 529 dólares). A empresa teria uma recepção melhor caso o aparelho fosse lançado primeiramente nas líderes norte-americanas AT&T ou Verizon Wireless.

Android Marketing
Alguns analistas de indústria acreditam que o celular da Google seja um fracasso. “O Nexus One é um fiasco, todos sabem disso”, afirmou o pesquisador da BGC Partners, Colin Gillis. Comparado com as vendas dos outros aparelhos, o smartphone de fato perdeu. Mas, sob outra perspectiva, o Nexus One vem ajudando com sucesso a estabelecer o Android como um sistema operacional móvel viável.

De acordo com uma pesquisa da companhia comScore, a parcela da Google no mercado de smartphones está crescendo dramaticamente, com crescimento de 5,2% de novembro de 2009 a fevereiro de 2010. A participação da empresa no mercado de 9% está abaixo das líderes Apple e RIM, mas está crescendo rapidamente.

O Nexus One pode não ser um bestseller, mas talvez esta não seja a questão. O celular tem servido como uma unidade de demonstração do Android, que mostra aos desenvolvedores do que a plataforma é capaz.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail