Home > Notícias

Google paga US$75 mil para pesquisadores que solucionaram bugs no Chrome

Prêmios individuais ficaram acima do que a gigante de buscas costuma pagar, com apenas um pesquisador embolsando US$27,6 mil.

IDG News Service / EUA

08/10/2014 às 11h02

Foto:

O Google liberou nesta semana o Chrome 38, pagando mais de 75 mil dólares em recompensas por algumas das 159 vulnerabilidades corrigidas no grande update de segurança do navegador.

Além disso, ao contrário do que o Google tinha falado em agosto, mas em linha com a mudança de opinião da empresa em setembro, o Chrome 38 permaneceu um aplicativo 32-bit no OS X, sistema operacional dos Macs.

Dos 159 bugs corrigidos no Chrome 38, nada menos que 113 (ou 71% deles) eram “soluções relativamente menores”, de acordo com a gigante de buscas. Essas falhas foram descobertas usando o MemorySanitizer, uma ferramenta do Google para encontrar problemas de inicialização.

Algumas das outras vulnerabilidades eram mais significativas, e resultaram em recompensas impressionantes que foram recebidas pelos seus descobridores.

Ao informar uma “combinação de bugs V8 e IBC que podem levar a execução remota de códigos fora da sandbox”, o pesquisador Jüri Aedla recebe um cheque de 27,6 mil dólares. Ex-engenheiro de segurança do Google, ele é um caçador de bugs experiente, já tendo ganhado 50 mil dólares por revelar uma falha crítica no Firefox, da Mozilla, durante o torneio hacker Pwn20wn 2014. 

E uma dupla de pesquisadores, incluindo um da Finlândia e outro do Reino Unido, receberam 23 mil dólares por “trabalharem conosco durante o ciclo de desenvolvimento para evitar que bugs de segurança chegasse a canais estáveis”, afirmou a equipe do Chrome 38.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail