Home > Notícias

Google para de vender aplicativos para quem tem G1 desbloqueado

Quem comprou o celular G1, da T-Mobile e HTC, e resolveu desbloqueá-lo não pode mais baixar aplicativos protegidos contra cópias.

Redação da Macworld / EUA

26/02/2009 às 10h57

Foto:

Usuários que compraram o G1, da T-Mobile e HTC, e resolveram desbloquear o aparelho não podem mais baixar programas pagos a partir do Android Market.

Os usuários do telefone não podem ver mais nenhum programa com proteção contra cópias - sejam eles pagos ou gratuitos – após uma mudança introduzida pelo Google sem muito alarde na semana passada.

O problema afeta, principalmente, donos da versão Developer do aparelho, que pode ser usada em qualquer operadora e custa 400 dólares nos Estados Unidos. Qualquer participante do programa de desenvolvimento do Android pode comprar o aparelho por 25 dólares.

Na última semana, funcionários do Google começaram a responder a questões de usuários no Android Market Help sobre a incapacidade de ver aplicativos protegidos na loja.

“Se você usa um telefone desbloqueado para desenvolvedor, não conseguirá ver qualquer aplicativo protegido contra cópias”, escreveu Ash, funcionário do Google, no site de suporte. “Essa é uma mudança feita recentemente”.

Embora o Google tenha dado poucos detalhes sobre a mudança, pode ser uma tentativa de fechar uma brecha que, teoricamente, permite aos donos do aparelho desbloqueado baixar aplicativos pagos de graça.

Alguns desenvolvedores têm teorias sobre o problema: Tim, do blog Strazzere.com, descobriu que aplicativos protegidos são baixados automaticamente para uma pasta privativa nos G1.

A maioria dos usuários não tem acesso a esses arquivos, mas os telefones para desenvolvedores permitem sua visualização.

Isso significa que um dono de telefone de desenvolvedor poderia comprar um aplicativo, copiar o arquivo da pasta, pedir a devolução do dinheiro e depois reinstalar o aplicativo.

O Android Market permite devolver um programa em 24 horas. O problema da pasta escondida foi confirmado pelo blog Phandroid também.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail