Home > Notícias

Google pode ser investigado quanto à segurança dos dados de usuários

The Electronic Privacy Information Center quer saber se buscador engana usuários sobre privacidade de serviços como Gmail e Docs.

IDG News Service / Reino Unido

18/03/2009 às 8h45

Foto:

O grupo de privacidade The Electronic Privacy Information Center (EPIC) pediu que a Federal Trade Comission, dos Estados Unidos, investigue se o Google está enganando os usuários a respeito da segurança dos dados armazenados em serviços de cloud computing como o Gmail e Google Docs.

O EPIC preencheu um documento de 15 páginas, na terça-feira (17/03), pedindo que a FTC faça com que o Google pare de oferecer serviços online que armazenam dados até que seja provado que há medidas de privacidade ideais. O grupo também pede que o Google revele todas as informações relacionadas a perda de dados e incidentes.

Oficialmente, o Google afirma não ter lido os detalhes do documento, mas diz ter políticas para se certificar de que os dados estão protegidos. “Estamos conscientes sobre a importância dos dados de nossos usuários e nos responsabilizamos por eles com seriedade”, diz um documento oficial.

Entre os incidentes que o EPIC cita contra o Google, está o erro descoberto no Google Docs este mês, que expôs alguns documentos a outros usuários sem sua permissão.

Além disso, o grupo de privacidade pede que o Google revise seus termos de serviço no tópico sobre o gerenciamento das informações. O EPIC pede ainda que a empresa doe 5 milhões de dólares para fundos públicos de investimento que darão apoio a pesquisas que envolvem tecnologias como criptografia, privacidade móvel e como tornar dados anônimos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail