Home > Notícias

Google restringe buscas por conteúdo pirata no Instant Search

A medida vem no vácuo das promessas da Google em combater a pirataria e proteger os usuários da exibição de conteúdo inapropriado

Redação do IDGNOW!

27/01/2011 às 13h16

Foto:

Depois de anunciar, em dezembro de 2010, que o recurso de busca instantânea Google Instant Search não seria funcional quando as palavras digitadas na caixa de buscas explicitarem interesse por conteúdo de cunho adulto, agora a Google resolveu estender essa política às buscas por conteúdo pirateado.

Entre os termos que não apresentam mais o recurso de autocompletar (do suggest monitor) e resultados instantâneos estão palavras chave como torrent, bittorrent e rapidshare. Basta digitar esses termos na janela de pesquisa do Google.com com o Instant ativado para perceber que estes recursos não estarão presentes.

A empresa BitTorrent, sediada em San Francisco, na Califórnia, e responsável pelo desenvolvimento do protocolo P2P de mesmo nome, demonstrou descontentamento com essa atitude da Google. No entanto, o vice-presidente da companhia, Simon Morris, declarou em entrevista ao site Searchengineland que respeita a decisão da empresa em dar continuidade ao combate contra disseminação de conteúdo ilegal em seu serviços de buscas.

Mas o sistema ainda não está livre de falhas. É notável que buscas por termos como "movies download" ou "download movies" ou, ainda "2012 download" ou nomes de sites de compartilhamento como o Rapidshare passam despercebidas pelo protocolo "moral", da empresa comandada por Larry Page.

Contatada, a Google do Brasil ainda não se manifestou a respeito.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail