Home > Notícias

Google atualiza SDK para a App Engine

Novos recursos melhoram a performance, o monitoramento e a manutenção dos aplicativos executados na infraestrutura do Google

InfoWorld/EUA

15/10/2010 às 14h07

googlehqshutter_625.jpg
Foto: Divulgação

O Google acaba de liberar uma atualização do SDK do Google App Engine, plataforma de cloud computing da empresa. O pacote inclui novas características para facilitar o monitoramento, o desempenho e as tarefas de manutenção.

Se você é desenvolvedor Java e ou Python, a versão 1.3.8 do SDK poderá usufruir de todas as melhorias. Embora o Google App Engine suporta aplicativos criados em várias linguagens de programação, determinados recursos disponíveis nessa versãodo SDK só rodam, por enquanto, em Java e Python.

Entre os novos recursos, o pacote inclui uma nova página no console de administração, batizada de Instances” (Instâncias, em português).  “Esta página permite que você visualize informações sobre todas as instâncias de servidor em uso atualmente pelo seu aplicativo. Informações úteis na depuração das aplicações e também para compreender características de desempenho. Não é necessária nenhuma configuração para usar esse recurso”, afirma a equipe do App Engine no blog oficial.

Outras novidades são a opção Task Queue, que passa a abrigar um número maior de tarefas, e a opção de “iniciar imediatamente”, que executa uma tarefa sem ter de esperar pela conclusão de outras.

Para aplicativos Python, gerenciadores nativos possibilitam adicionar funcionalidades padrão em janelas sem a necessidade de código adicional. A próxima atualização do SDK deverá estender essa opção também ao Java.

Opções em fase de testes também foram adicionadas ao pacote recém liberado. Entre elas, uma interface para  deletar entidades de aplicativos Python e, outra, que torna a compilação Python recurso padrão.

O Google App Engine permite que você execute seus aplicativos da web na infra-estrutura do Google. Os aplicativos do Google App Engine são fáceis de criar, manter e escalar à medida que seu tráfego e armazenamento de dados precisa crescer. Com o Google App Engine, não há necessidade de manter servidores: você apenas envia seu aplicativo e ele está pronto para atender a seus usuários.

O Google App Engine pode ser iniciado gratuitamente. Todos os aplicativos podem usar até 500 MB de armazenamento e CPU e largura de banda suficientes para suportar um aplicativo eficiente que oferece cerca de cinco milhões de visualizações de página por mês, totalmente grátis. Ao ativar o faturamento para o seu aplicativo, os limites gratuitos aumentam e você paga somente pelos recursos que ultrapassam os níveis gratuitos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail