Home > Notícias

Google terá de pagar US$ 8,5 milhões por ação judicial de usuários do Gmail

A gigante de buscas foi acusada de violar a privacidade dos internautas com o serviço Google Buzz.

IDG News Service

03/11/2010 às 11h52

Foto:

A Google anunciou na última terça-feira (2/11) que pagará a quantia de 8,5 milhões de dólares após ser acusada judicialmente de violar a privacidade de internautas com o serviço Google Buzz.

A ação foi movida por um grupo de usuários do Gmail que, embora tenham obtido êxito no processo, não receberão nenhuma compensação financeira.

"É importante esclarecer que esta decisão não inclui pagamentos aos usuários do Gmail", comunicou a Google em uma mensagem direcionada a todos os integrantes do serviço. 

O valor será depositado em um fundo e destinado a instituições focadas em desenvolver e educar sobre políticas de privacidade na web. A gigante de buscas também se comprometeu em intensificar seus esforços para ensinar sobre questões de privacidade no Buzz. 

"Sentimos que este acordo traz benefícios, principalmente, aos alunos de instituições sem fins lucrativos que se empenham em educar cada vez mais as pessoas sobre segurança na Internet. Com isso, também garantimos que os integrantes do Buzz participarão da plataforma sem comprometer sua privacidade", analisou a empresa.

O juiz James Ware, da Corte Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Norte da Califórnia, aprovou preliminarmente o caso no dia 7 de outubro. A aprovação final acontecerá no Tribunal de Justiça em 31 de janeiro de 2011.

Mais detalhes sobre o acordo estão disponíveis no site BuzzClassAction.com.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail