Home > Notícias

Google transforma smartphone em “carteira eletrônica” com o Google Wallet

Sistema de pagamentos permite fazer pagamentos e conseguir descontos simplesmente aproximando o celular de um ponto de venda.

Rafael Rigues, PCWorld Brasil

26/05/2011 às 13h35

Foto:

A Google anunciou nesta quinta-feira (26/05) um novo serviço de pagamento eletrônico batizado de "Google Wallet". O serviço transforma smartphones Android em "carteiras eletrônicas", que podem ser usadas para efetuar pagamentos com cartões de crédito ou débito em estabelecimentos conveniados.

Um aplicativo (a "Google Wallet" propriamente dita) no smartphone armazena as informações de seu cartão de crédito ou débito. Basta aproximar o smartphone de um ponto de pagamento, digitar uma senha e a transação é completada automaticamente. Ao mesmo tempo, o estabelecimento pode creditar automaticamente ao usuário pontos de um programa de fidelidade, que também são armazenados na Wallet.

google_wallet-360px.jpg

Segundo Stephanie Tilenius, VP de Comércio Eletrônico da Google, o sistema usa a tecnologia NFC (Near Field Communications - Comunicação por proximidade) integrada em smartphones como o Google Nexus S para fazer a transmissão das informações, que são criptografadas. Uma Wallet pode armazenar informações de vários cartões, e no futuro poderá armazenar também dados de documentos como carteiras de motorista.

O Google Wallet começa a funcionar hoje nos Estados Unidos em caráter "beta", inicialmente em parceria com o Citybank e Mastercard. Clientes do banco poderão efetuar pagamentos em lojas de redes como Subway, Macy's e Walgreens equipadas com o sistema PayPass da Mastercard. Em meados deste ano, o Google Wallet deve entrar em operação em larga escala.

Ofertas

Em conjunto com o Google Wallet a Google anunciou o Google Offers, que entregará aos usuários ofertas em lojas participantes. Os "cupons de desconto" serão armazenados na Google Wallet, e poderão ser utilizados na próxima transação. Empresas poderão fazer vários tipos de ofertas, como recompensas em troca de "Check-ins" no Google Places, como resultado de buscas no Google ou por proximidade: se o usuário passar perto de um restaurante, por exemplo, poderá receber um alerta no celular de que o prato do dia está com 10% de desconto.

Compatibilidade

Inicialmente, para usar a Google Wallet será necessário um smartphone equipado com um leitor NFC. Dentre os modelos com Android o Nexus S é o único compatível, e o recurso não está presente em aparelhos populares como o iPhone e BlackBerries.

Para solucionar o problema a Google prepara um "adesivo" com uma tag NFC que poderá armazenar as informações de um único cartão e poderá ser colado a um smartphone comum. Ao aproximar o adesivo do ponto de venda, a autorização da compra será negociada com o smartphone usando o aplicativo Google Wallet e uma conexão Wi-Fi. A Google pretende ter versões do aplicativo para as principais plataformas do mercado.

E no Brasil?

Segundo a assessoria de imprensa da Google no Brasil, ainda não há previsão de chegada do serviço Google Wallet ao território nacional.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail