Home > Notícias

GVT lança pacotes de banda larga com velocidade de até 100 Mbps

Operadora apresenta nova família Power, que tem ofertas com velocidades a partir de 3 Megabits por segundo. O custo começa em R$ 49,90.

Lygia de Luca, do IDG Now!

30/07/2009 às 13h50

Foto:

A operadora de telefonia fixa e banda larga GVT anunciou, nesta quinta-feira (30/7), a nova família Power, que oferece banda larga com velocidade de até 100 Megabits por segundo (Mbps).

A oferta com menor velocidade é a de 3 Mbps e sua mensalidade é de 49,90 reais. O usuário pode optar ainda pelas velocidades de 10 Mbps, 15 Mbps, 35 Mbps, 50 Mbps e 100 Mbps. Os valores são, respectivamente, 69,90 reais, 99,90 reais, 199,90 reais, 299,90 reais e 499,90 reais. Estes preços valem para a aquisição do serviço de internet em alta velocidade nos pacotes Unique e Smart Maxx, que incluem telefonia fixa e custam a partir de 102,87 reais a 552,87 reais.

A família Power, que começa a ser comercializada em agosto, substitui a TurboNet, que continua para a base de assinantes. "Nossa expectativa é que nossos clientes migrem para a Power", afirma o vice-presidente de marketing e vendas da GVT, Alcides Troller Pinto. Os interessados podem degustar o serviço no site Power GVT a partir de domingo (2/8).

Os habitantes de 56 cidades brasileiras - entre as 82 em que a operadora atua em massa - poderão contratar a banda larga Power. Os Estados que terão acesso à nova família de produtos são Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás, Santa Catarina, Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia, além do Distrito Federal.

A expectativa da operadora é aumentar a base de clientes adeptos ao pacote com velocidade de 10 Mbps, tornando-a a maior da empresa, afirma Pinto. Atualmente, são 21% que têm esta velocidade. Todos os clientes que contratam 10 Mbps ou pacote superior recebem um modem da GVT, "adequado para as necessidades da conexão", garante o executivo.

Devido à concessão, a fidelização aos planos é de um ano. Por enquanto, "cerca de 25% de nossa receita de banda larga vem dos pacotes de 10 Mbps", diz. A empresa tem investido para aumentar a agilidade de seus serviços. "Nos últimos três meses, aumentamos em 40% nossa equipe para instalação de banda larga", explica o vice-presidente de marketing.

Quanto a expansão territorial, Pinto aponta que a operadora considera algumas cidades em seu cronograma de planejamento. "Queremos atuação nacional e entrar em São Paulo com ofertas em massa", afirma. Atualmente, a GVT atua, nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro, somente no segmento corporativo. "No último trimestre, pretendemos entrar em mais três cidades, que somam 2,6 milhões de habitantes", diz Pinto.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail